Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Liquidação

Senhor João, um sessentão bom de couro e atrevido, libertou-se da mulher, após a morte reivindicar o seu tempo. Na reunião das lágrimas e despedidas, falou uma ou duas palavras:
- Mas Deus, por quê? Por que, meu Deus?
E todos comovidos começaram a chorar. Ele, sem derramar uma lágrima, balançava a cabeça, num gesto de revolta. De repente, surtou e danou-se a chorar, praguejar e insultar o corpo desprovido de vida:
- Filha da mãe, você me paga! - Você não é gente! - Morreu assim, do nada? - Ah, infeliz!
Os parentes e amigos sem entender mais nada, acharam que João perdeu o juízo. Um amigo da família, resolveu confrontá-ló:
- Meu amigo, não fale assim! Logo, a tristeza passa, e a vida volta à normalidade. Tenha calma! Mas não diga bobagem, você está profanando a memória dela. João revoltado, escancara:
- Não podia morrer, amanhã? Paguei R$500,00 para sair com a gostosa da Ritinha, pois hoje é dia de promoção, e por ser um cliente assíduo, conseguir 50% de abatimento. Agora, perdi o dinheiro, Ritinha e a aposentadoria de minha mulher.  
Jaciara Dias
Enviado por Jaciara Dias em 29/10/2019
Código do texto: T6782412
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Jaciara Dias
Salvador - Bahia - Brasil
309 textos (6162 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/01/20 09:05)
Jaciara Dias