Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Maldito Traidor 


Serviu o café da manhã para o seu melhor amigo, foi até a garagem tirou o carro para fora e exclamou:

_Venha amigão! Vamos passear.

Assim foram pela rodovia a fora, quilômetros de distância, foi quando resolveu parar e urinar, o amigo também estava apertado...
Pegou a sua bolinha de estimação e lançou-a para longe... O amigo correu para ela a fim de brincar.

Foi quando de súbito entrou no veículo e arrancou, acelerava o máximo, o amigo corria para alcançá-lo, fora inútil, ele cansou... Latiu e latiu, olhando o seu amigo sumir no horizonte, machucou suas patinhas, sangrava, ficando sozinho em plena sorte.
 
_Maldito traidor! Verme! Monstro desgraçado!
Desumano, inútil e infeliz, muito pior do que qualquer animal irracional, frio, morto por dentro, egoísta dos infernos!

 
Hoje ele fuça lixos, briga na rua para sobreviver, bebe água das poças da chuva, as vezes senta e levanta a cabeça, tentando entender o que não é entendível, mas; o seu coração continua batendo, esperando a volta do seu maldito traidor.

 
Isto é mais comum do que se imagina.
Maurício de Oliveira
Enviado por Maurício de Oliveira em 15/10/2019
Reeditado em 22/10/2019
Código do texto: T6770582
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Maurício de Oliveira
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
1657 textos (114595 leituras)
12 e-livros (3645 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 01:12)
Maurício de Oliveira

Site do Escritor