Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os prazeres são passageiros, a mágoa perene

     Estava eu a passar pela rua
     e vi sem medo, faces que me olhavam
     adoro quando as palavras me caem
     os passos sem pedaladas...pressas

     Não fiquei com Pena, quando tu me deixás-te
     estava sómente a passear pela estrada
     sem letras que me atropelavam
     um dia igual aos outros...sem nadas

     Deixo o mundo como está
     não mudo nem a areia no soalho
     quero escorregar numa ladeira
     e ficar sempre lá

     Umas mentirinhas me persseguem
     não minhas, Tuas...carícias
     Minha areia? Me chega
     Com mais a tua, nos afogamos. Ficámos Sem conquistas

     Quero aprender como vedar meus olhos
     calar meus sonhos estar em Liberdade
     ficar numa lista
     imaginar o céu sem terra sem hoje ou onten. Criar-me de novo

     Mais uma vez me vi a passar por uma rua
     tantos passos dei, sem ti
     pensamentos perdi, meus nervos, meus seios, cabelos
     Será que os persigo, ou eles a mim
     
     
Divavid
Enviado por Divavid em 19/02/2015
Reeditado em 25/01/2019
Código do texto: T5142665
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Divavid
Köln - Nordrhein-Westfalen - Alemanha
1080 textos (53930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/19 04:09)
Divavid