Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sequidão - MINIMALISTA (IV)

Na gramínea rasteira da beira do rio, cavalos pastam. O dorso esquálido de um revela a fome de todos. E a chuva não vem. A água míngua no leito quase seco, mas os cavalos não sabem de nada.
Jess
Enviado por Jess em 05/07/2008
Reeditado em 14/07/2008
Código do texto: T1066029


Comentários

Sobre o autor
Jess
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 57 anos
170 textos (18822 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 15:22)
Jess