Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORAÇÃO DE OURO

                        Era uma vez uma menina linda e muito inteligente. Ela gostava de contemplar o verde da natureza, de apreciar pássaros de várias espécies a gorjear no jardim, ouvir as historinhas que sua avó contava e de brincar com os coleguinhas da escola. Maria Alice era uma menininha amável e gentil com todas as pessoas, morava em uma casa bem simples em companhia da sua avó materna, pois que perdera seus pais em um acidente de carro quando ainda era muito pequenina. Ultimamente, a garotinha Alice andava se sentindo bastante cansada, com falta de ar e sem apetite, porém isso tudo, estava a deixando muito triste.
          A avó, Dona Matilde, percebendo sua tristeza, procurou descobrir o motivo:
          - Alice, o que está acontecendo com você querida? Estou percebendo uma tristeza em seu olhar. Notei já há alguns dias que você anda inquieta e cansada. Fale-me o que você anda sentindo?
         - Vovó Matilde, eu ando cansada sem motivo, não tenho vontade de comer e sinto também falta de ar. Estou preocupada e triste. O que será vovozinha? – perguntou a menininha.
        - Minha netinha, amanhã logo cedo, eu vou levá-la ao médico da comunidade! Agora vá tentar comer uma fruta. Disse-lhe sua avó.
         Dona Matilde acordou Maria Alice logo cedinho, o clima estava perfeito e a temperatura estava bastante agradável, e elas precisavam se apressar para não perder a única condução que as levaria ao vilarejo mais próximo. A bondosa senhora colocou frutas e um lanche saudável na mochila da criança, se aproximou da netinha e falou baixinho:
          - Princesinha, você precisa se apressar! Hoje, temos um grande encontro com o seu doutorzinho. Venha vestir-se, por favor!
         Maria Alice vestiu-se com rapidez e deu um forte abraço de gratidão na avó, e logo depois as duas saíram de mãos dadas até a praça central para apanhar o ônibus...
         Alice e sua avó chegaram, finalmente, ao posto médico. A garota estava ansiosa para rever o amigo doutorzinho, que sempre era muito carinhoso com ela. Na verdade, ela queria saber o que estava deixando-a tão incomodada... A consulta foi rápida, mas o médico solicitou novos exames: um RX do tórax e um exame de sangue. Os exames foram realizados no ambulatório ao lado do posto médico. As duas ficaram passeando enquanto aguardavam os resultados dos exames.  Alice deixou sua avó sentada em uma praça muito arborizada e foi logo fazer um reconhecimento pela área. Ela observava atentamente cada detalhe e árvore que ali estava plantada. Ficou feliz ao encontrar um colorido beija-flor. E logo mais à frente uma borboleta amarela esvoaçando sobre uma margarida, tudo era mágico e encantador para a pequena Alice. De repente, Alice encontrou uma senhora bem velhinha, com frio, fome e doente. A menina que gostava de ajudar todo mundo, logo tirou seu lanche de dentro da mochila e deu para aquela senhora que parecia tão desanimada.
          A senhora ficou muito feliz e, como era muito bondosa, retirou de dentro de uma velha sacola um objeto reluzente em formato de coração e deu para Alice de presente. O objeto brilhava sem parar e a senhora falou para a garotinha:
         - Gentileza gera gentileza, linda garotinha! Esse é “O Coração de Ouro”, ele parece um simples objeto, mas quem o possuir viverá com saúde. Agora ele é seu. “A Gratidão leva seu coração para mais próximo de Deus”.
         - Então, se é assim, muito obrigada! Disse-lhe Maria Alice.
        A boa senhora agradeceu também o lanche nutritivo e sumiu por entre as folhas dos arbustos... Alice ficou quedada sem saber o que dizer: ela apertou o coração de ouro, bem do lado esquerdo do peito, em cima do seu coração, que batia intensamente de emoção. Foi quando avistou de longe sua avó Matilde acenando para ela. A garotinha correu ao encontro da avó para contar-lhe a mais nova novidade:
         - Vovozinha, olha que lindo! Eu ganhei esse coração de ouro de uma senhora bondosa porque eu dei meu lanche para ela. Ela falou que eu teria saúde se o possuísse.
        - Que lindo, minha netinha! Seu gesto foi mais bonito ainda, pois ela devia estar faminta mesmo. Agora, vamos apanhar o resultado dos seus exames e levá-los para o doutorzinho reavaliar você. Disse-lhe Dona Matilde.
         As duas entraram na sala do médico, de mãos dadas, Dona Matilde entregou os exames ao doutor, e ambas aguardaram sentadas pelo posicionamento do mesmo. O doutorzinho olhou os exames e começou a falar:
        - Dona Matilde, eu estava bastante preocupado pelos sintomas que Maria Alice estava sentindo, eu cheguei a pensar que seria uma Insuficiência Cardíaca Congestiva, mas de acordo com os resultados dos exames, essa possibilidade foi descartada e sua netinha apresenta apenas uma leve anemia que pode ser controlada. Segue receita: Suco de abacaxi com salsinha (Ótima fonte de ferro e vitamina C); Suco de laranja com agrião; feijão preto com beterraba e chás caseiros para anemia. Assim, muito em breve a sua netinha estará ativa novamente, correndo e brincando à vontade. Elas agradeceram e voltaram para casa bem felizes e sorridentes.
          O tempo passou depressa... A garotinha ficou totalmente curada e nunca se esqueceu daquele encontro com a senhora bondosa. A menina jamais se separava do coração de ouro, dormia sempre com ele juntinho ao seu coração, e ela conseguia sentir a sintonia entre os dois. Todas as noites, sua avó contava as mais lindas e emocionantes historinhas para ela, e Maria Alice viajava pelos cenários das narrativas como se fizesse parte da própria história. Ela continuou gentil, bondosa e muito agradecida pelo presente precioso que recebera.
        Aqui termina mais uma história infantil e não se esqueçam: “Gentileza gera Gentileza”.
        Elisabete Leite – 19\09\2019

       
       
Elisabete Leite
Enviado por Elisabete Leite em 07/10/2019
Código do texto: T6763119
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elisabete Leite
Recife - Pernambuco - Brasil, 62 anos
636 textos (18278 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/19 02:14)
Elisabete Leite