Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Senhor das Trevas

O mar grita seu nome, sua fúria ecoa por todo oceano, suas ondas raivosas destroem qualquer barreira que venha lhe travar. Enquanto isso o ladrão foge em meio à escuridão, sua sombra o engole por completo e seus rastros são encobertos pelo grande deserto.

Os deuses irão lhe caçar, mas não há mais como lhe encontrar. Você sabia que um crime como esse nem mesmo a vida compensa arriscar, ainda sim você enfrentou mesmo sabendo que a recompensa final seria de qualquer forma a morte.

Enterrado encontrava-se aquele que roubara dos deuses e junto a si levou para baixo da terra aquele tesouro. Uma mãe desesperada que agora enxergava o inevitável, um ato de amor, mas confundido com desprezo, afinal quem perdoaria tal feito?

Uma criança perdida, agora exposta para todo o mundo, ela não poderia vê-lo ser sacrificado, ela não queria ter seu único amor tirado de seus braços, contudo o preço foi cobrado e seus olhos agora fechados facilitaram a retirada de uma alma torturada.

E lá se encontrava o assassino de deuses, uma criança inocente que um dia se tornaria tudo que é mais temido na Terra. Carregado de um devasto poder, o senhor da morte, senhor da guerra e senhor da destruição, esses são os nomes que lhe carregarão nas costas.
Mariane Palpini Cuinto
Enviado por Mariane Palpini Cuinto em 17/12/2018
Código do texto: T6529671
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mariane Palpini Cuinto
Limeira - São Paulo - Brasil, 26 anos
30 textos (446 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 09:30)
Mariane Palpini Cuinto