Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor de pai

 Naquela manhã, um homem sem nome, que olhava as cores das flores do jardim, com toda educação me pediu:
 - Você me dá duas flores? Uma de cada cor. Hoje é aniversário da minha filha, não tenho dinheiro, esse é um presente singelo, mas, será dado com amor.
 Colhi as flores mais bonitas, uma vermelha e outra rosa, e dei para ele; que agradeceu, e desceu pela rua, segurando aquelas flores, com muito cuidado; e fiquei o observando, até perdê-lo de vista.
 Nunca o havia visto, e nem voltei a vê-lo, mas, o gesto dele vai ficar marcado dentro do meu coração.


*Esse fato realmente aconteceu comigo, ele não pediu dinheiro, pediu flores.
Meri Viero
Enviado por Meri Viero em 30/07/2020
Código do texto: T7021708
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Meri Viero
Guarapuava - Paraná - Brasil
1495 textos (47428 leituras)
4 áudios (277 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/03/21 22:40)
Meri Viero