Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Melhor Amigo

Eu observava-o ansioso. Queria muito pular nele como uma daquelas garotas da TV pulam sobre os colchões para provar a maciez.
Eu o amava, parecia-me que a cada vez que ele aparecia trazia em si uma felicidade tão contagiante que me fazia ter vontade de cheira-lo por inteiro.
Me tornei totalmente dependente do seu sorriso e do seu afago, do seu afeto, e pelo momento glorioso em que ele encosta seu nariz no meu, ahh... eu espero o tempo que for preciso.
E mais uma vez ele voltou, entrou pela porta da frente, trazendo várias sacolas nas mãos que cheiravam tão bem quanto ele. 
Esperei.
Não contei quanto tempo passei assistindo-o guardar aquelas comidas cheirosas na geladeira, mas no momento em que terminou ele puxou de uma vasilha de plástico um gigantesco, suculento, resistente e cheirosíssimo osso suíno e jogou na minha frente, eu o encaixei entre os dentes e, naquele momento, entre os afagos do homem que eu amo e o sabor daquela refeição, eu era o cachorro mais feliz do planeta.

Alejandro Machado
Enviado por Alejandro Machado em 19/08/2019
Código do texto: T6724301
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alejandro Machado
Fortaleza - Ceará - Brasil
42 textos (595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/09/19 11:29)
Alejandro Machado