Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor e seus recontos

       Em época de amores vazios, ainda existem história de casais que resistem ao tempo, ao ódio da humanidade, ao vazio eterno de amores frios e humanidade hipócrita. São causos raros, de uma cidade imunda e de tempos modernos.
      Uma questão de diferença de idade e que nada os abala, uma questão de princípios que complementa um ao outros e uma história de romantismo que perdura além do tempo. Em que de um lado se encontra aquela patricinha meia burguesinha, que vivia acostumada com o bom e o melhor, rodinhas de garoto lhe elogiando e enchendo-a de presentes, sem se preocupar com gastos pois papai pagava, mamãe comprava e um ex seu fazia o que ela queria, apesar de ter vivido em gaiola de ouro (um mundo cheio de tudo e sem liberdade para ela, aprisionada em amor obsessivo). Num outro canto da cidade, encontra-se um homem acostumado com os melhores luxos e viagens internacionais, hoteis 5 estrelas, wisky 12 anos, melhores vinhos e mulheres lindas e ricas ao seu redor, dando tudo o que ele deseja e da mesma forma que a patricinha, não tinha paz e não podia fazer o que mais ama, viver da arte.
      Num inofortuno da vida, golpe do destino ou o que seja, essa garota toda patricinha foi morar em uma comunidade sem ao menos saber que mundo estava entrando. E, lá tambem vivia esse homem cansado da vida boêmia, de mulheres vazias levando seu dinheiro embora, de gente que não lhe acrescenta em nada, esse vivia em seu casulo fechado como a patricinha vivia. E num dia quente, se conhecerão, se toparam e se amaram.. e não se desgrudaram mais, com histórias parecidas, temperamentos diferentes e com a mesma vontade de ser: amar e serem amados, só que ela dependente dele e ele gostando de ser o homem protetor dela, se sentindo aquele homem a moda antiga.
        Mas, um dia por causa da cabeça fraca dele. Ele, a troca por uma novinha e a magoa, como coragem e tapa na cara dele, essa menina se muda e se afasta. Se fortalece longe dele, e sem querer sempre ao acaso se cruzavam e ele não resistia ao ve-la, tentava conversar e de nada adiantava no momento. Mas, até que uma páscoa de um ano qualquer, ela toma atitude e o pede desculpa, e como precisava viajar e não tinha com quem deixar sua gata na sua humildade, pediu a esse pobre homem se podia e ele sem exitar ficou com a gata. E essa patricinha ficou sumida em sua viagem, quase que 1 mês, sem nenhuma vontade pra retornar. Mas, de tanto esse amor dela a lhe chamar, ela retorna.
     E essa história, não existe fim e vários contos e recontos.. São amores vividos por gente de verdade que param em páginas de uma escritora em busca do amor verdadeiro.
RENATA GOUWY
Enviado por RENATA GOUWY em 31/05/2019
Reeditado em 05/06/2019
Código do texto: T6661484
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
RENATA GOUWY
Bom Despacho - Minas Gerais - Brasil, 33 anos
50 textos (14386 leituras)
1 e-livros (18 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 23:37)
RENATA GOUWY