Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

       Lembro do nosso primeiro encontro foi inesquecível aquele ano,
foi lindo, maravilhoso daria tudo para viver tudo de novo,
mera recordação que não sai da mente,você sempre muito inocente,
já imaginava um futuro melhor pra gente, seu sonho era viver uma vida feliz, uma vida diferente,com pouco tempo de relacionamento já sonhavamos com a vida de casados,ter nossa casa e filhos e juntos nosso amor ia se construindo.
      Até que um dia o nosso sonho acabou,não foi por falta de amor,foi uma imensa dor,só de lembrar me causa rancor,aqueles dias forão dias de pavor,não dar para acreditar,logo a gente que estava tão feliz em casar,e veio um mostro com a nossa felicidade acabar,não sei nem como desabafar, as vagas lembrança me fazem chorar,os melhores momentos de nossas vidas foram jogados ao mar, ele foi corvarde deixou a nossa história afundar,por pessoas que não sabem o que é amar,é doloroso lembrar,doi em meu coração o fim da nossa relação.
   Por você fiz de tudo, por você perdi meu mundo, perdi minha liberdade,perdi minha dignidade, seu amor era minha unica saída,minha liberdade, seu amor era amor de verdade,minha felicidade,eu te amei mais do que deveria,sofri na pele quase perdi minha vida,te amei demais,esse amor foi minha perdição,teve até intriga da oposição,não suportei tal mentira,prefiri a despedida,mas com a alma sofrida,pois seu amor é a minha alegria,seu amor é a solução da minha vida.
   Em meu diário em prantos,não sei como conto,não sei como revelar esse segredo que me causa dor e medo,nossa vida era um sonho tudo era perfeito,até um mostro Chamado a droga do preconceito, o nosso sonho de amor virou pesadelo,por causa daquele sujeito que nos tratou com preconceito,disse que a nossa união era um defeito,pois um branco não pode ficar com um negro,fui valente em dizer me trate com respeito,mas o sujeito continuou a nos tratar com preconceito,o insulto não lembro direito,só sei que ele meu amado,foi covarde terminou comigo por causa do preconceito.
    Lembro de suas ultimas palavras,não dar para andar nas ruas de mãos dadas,as pessoas vão achar só porque você é preta é favelada,não importa sua escolaridade,na mente das pessoas só existe maldade,um dia alguém vai mudar essa realidade,de que adianta o racismo ser um crime inafiançável se na ruas os insultos são insuportavel,adeus só apenas um alguém a mais na sua vida,não sou forte o bastante para comprar briga,e aqui neste país não existe justiça.
    Ele foi embora sem ouvir minhas palavras, me deixou sem sozinha sem nada,só seu amor me importava,ele foi embora com coração cheio de medo, tudo por causa da droga do preconceito,é um absurdo como ainda racismo,acabou comigo,e agora não sei o que fazer, estou sem o meu amor o meu Rei, tudo por causa de um sujeito que não entende da Lei,amor saiba que você foi covarde não aguentou a sofrer juntos,levou a sério aqueles insultos,eu te amo do seu jeito,ainda sonho passar a vida inteira contigo por você enfrento até a dor do Racismo,meu amor por você é um amor verdadeiro, eu te amo do seu jeito amor sem preconceito.
   Um dia você vai ler uma história parecida e irá lembrar da nossa vida sofrida, e nesse dia vou te encontrar e o nosso passado iremos deixar de lado, e juntos enfrentaremos o mundo, pois o nosso amor vale muito,nosso amor é tudo,e vamos ter um mais respeito,teremos coragem de viver o nosso amor independente do ;racismo, a droga do preconceito,agora só falta te encontrar....
   
Amandita
Enviado por Amandita em 18/06/2018
Código do texto: T6367866
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Amandita
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
492 textos (24557 leituras)
3 áudios (121 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 01:05)
Amandita