Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Triste Desilusão,Triste Separação.

Per amore tudo é valido até um pedido inusitado,
ela acreditou nesse amor, e com nada se importou,
tudo que ela fazia era por amor até a sua dor,
Até a Chantagem ela teve coragem e aceitou.

Por amor a idiota fez loucuras,perdeu a compostura,
Ela se deixou levar, e agora não é a mesma linha dura,
Quem diria que até com a família ela brigou,
Quando todos o alertou a ingenua não acreditou,
Disse ela só acredito nele, faço tudo por Amor.

Por amor tem gente que dar até a vida,
mata e destrói família, isso não é amor é covardia,
Quem destrói outra família é uma vadia,
Um verdadeiro amor não existe Traição,
Não é necessário arruinar com uma família para legalizar outra União.

Embora os fatos diziam que o tal era casado,
A burra apaixonada preferiu acreditar em seu amado,
Não acreditou nos conselhos de ninguém pois pra ela era revoltante,
Com ele, ela nunca saiu de mão dadas,tinha uma vida de amante,
Mas pra ela seu amado era autentico e importante.

A fixa caiu ela viu fotos dele com outra mais feia,
O safado confessou ela foi embora e acabou a brincadeira,
Ele chorou implorou pelo seu amor, e a burra o perdoou,
Eles voltaram para união Legalizar, dizia ele com você vou casar.

Um filho nela ele fez, seu relacionamento ficou no talvez,
Mas ela Ingenua acreditou no papo do Francês,
O tal gringo seu eterno Marido deu  um golpe nela,
Suas últimas palavras foram, me dar dinheiro sua Cadela.

A moça apaixonada achou um absurdo,
Ficou desnorteada com aquele insulto,
Decidiu se vingar e o safado matar,
Contratou um Advogado Penal,hoje responde por crime Passional.

Ela fez tudo por Amor até o amado matou,
Não era amor era emboscada, agora sem dinheiro pra nada,
Vai ficar inadimplente com a Advogada,na sela da cilada,
Mas na cadeia é sorte ou morte.

Até que um dia na sala de visita chegou um golpista,
querendo da sua beleza aproveitar,dizia ele pra você vou advogar,
Ela sem graça dizia está sem dinheiro,ela daria um Habeas Corpus,
Mas com a condição de se aproveita do seus corpos ....

Ela aceitou viver outra aventura saiu da cadeia e virou Puta,
Pagou um preço caro agora é submissa de seu Advogado,
Quem mandou acreditar no seu amor,
Quem mandou não estudar Direito,e não ter um emprego,
Sua opção é aceitar essa Humilhação,ou voltar a prisão,
Triste Desilusão, triste fim do amor eterno,triste separação.

Não tenho Pena, quem mandou não ter juízo,
Agora esse é seu destino, seu prejuízo,
Agora ela paga outra Pena e volta a viver,
O povo seus amigos relatam só tenho pena de você.



 






 
Amandita
Enviado por Amandita em 10/06/2018
Código do texto: T6360947
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Amandita
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
491 textos (24445 leituras)
3 áudios (119 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/19 01:10)
Amandita