Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FUTURO IMPOSSÍVEL MARIDO

Futuro impossível marido.
Um conto por Gabriella Gilmore

Uma vez assistindo a um filme de Sandra Bullock, da Magia à sedução, me lembro de quando a sua personagem, ainda adolescente escreveu em seu diário o perfil de um futuro marido, com a intenção de fazê-lo impossível, pois ela não queria se apaixonar.
Entra ano e sai ano, eu também me decepcionei muito em relacionamentos, em sua maioria sem base. Na verdade eu me culpo por cada falha deles. Sim, me culpo sim, estando errada ou não.
Nesse resto de ano, decidi direcionar minha vida numa forma diferente. Agora não sou eu mais que tomo as rédeas.
Ontem à noite, quando meu cérebro me turbinou pensamentos, vozes, inquietações, eu anotei perfeitamente o perfil do meu futuro impossível marido.
Agora falando diretamente para você: Eu quero que entenda que me pedindo em casamento, você não só estará se casando comigo, mas sim com toda minha família, que por sinal é E-NOR-ME. Eu sou eles. Eles são o que sou. Barulhentos, amorosos, dramáticos, aconchegantes, engraçados. Ao pedir minha mão, tenha em mente que terá de pedir à minha mãe, a minha tia, minha prima e minha irmã. Se elas se sentem seguras com você, eu também sentirei. É algo espiritual, entende? Dizem que um bom filho será um bom marido. O mesmo acontece com nós filhas. Está mesmo disposto em encarar essa família do barulho?
Tenha em mente uma coisa muito importante: Eu sou péssima na cozinha. Como cresci muito independente, eu sei me alimentar, quero dizer, eu sei não passar fome. Uma bolacha com cafezinho é uma delícia. Eu não simpatizo com a cozinha, com o cozinhar, com preparar ou alimentar outrem. Essa sou eu! Infelizmente não consigo fazer algo que não me identifico. Isso pode mudar? Acho que sim... cansei de pagar língua.
Por outro lado, não gosto de casa suja e bagunçada. Lavo tudo que vejo sujo, limpo o banheiro, coloco as coisas no lugar, etc. Você cozinha, eu lavo. Combinado?
E filhos? Ixi, papo complicado.
Para começar, estou velha. E nos dias de hoje acho um pouco irresponsável da nossa parte gerar uma criança para deixa-la exposta à falta de água potável, falta de plantações e de frente com a 3ª guerra mundial. Psicose? Não sei. Mas se por ventura Deus quiser presentear o mundo com um cidadão iluminado, se ele for ela, se chamará Catarina. Ouviu? Mas deixa eu explicar por quê.
O nome Catarina além de ter um significado muito bonito, e de ter sido nome de mulheres guerreiras ao longo dos séculos, foi o nome da minha apaixonante avó. Eu não a conheci, mas tenho um apreço maravilhoso por ela, por sua história de vida, sua garra, espiritualidade, e amor. Acho que temos alguma ligação, porque mesmo eu nunca tê-la conhecido, eu já sonhei e já chorei de saudades dela. Se for um rapaz, sinta-se livre para nomeá-lo sabiamente.
Por último, e nem menos importante, você teria de aturar meu bipolarismo. Meus ex que não me deixam mentir: sou muito chata. Não tente me decifrar. Sou um mistério até para mim mesma.
Às vezes não quero ver ninguém, muito das vezes, na verdade. Pelo fato de eu ter me acostumado a uma solidão interna, eu necessito do meu momento autista. Sim, eu necessito. Para respeitar isso você precisaria entender.
Eu gostaria de ter quarto separados. É pedir muito?
No calor, odeio pegação. Odeio suar. Odeio ainda mais o suor alheio. Obrigada.
Sou estressada. Tenho mania de descontar a raiva do trabalho em quem convive comigo. No trabalho sou uma santa, mas em casa, pode ter medo.
No mais, eu tenho algumas qualidades, e é exatamente aquilo que as pessoas falam.
E ai, vai encarar?


Gabriella Gilmore
Enviado por Gabriella Gilmore em 02/11/2014
Reeditado em 26/08/2018
Código do texto: T5020366
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gabriella Gilmore
Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
448 textos (55396 leituras)
16 áudios (1274 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 23:51)
Gabriella Gilmore