Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anônimos

 Penso em você, anônimo, na multidão, me carregando escondida no seu coração.Correndo atravessa a rua, mas eu agora estou nua, na sua imaginação.Então, você me tapa com a mão.Agora, desce uma ladeira,
minha imagem surge inteira, fora do seu coração. Depressa. vira uma esquina.Quanta gente que olha, sente medo, descobriram o segredo.
Quem, o velho o homem a mulher ou a menina. Mais calmo você avista
uma porta, o segredo está guardado, e você entra e se esconde no salão.Espera, sorri, conversa, depois sai aliviado, mas sente uma leveza na mão.Fica assustado e já volta correndo, suado, cansado, pois esqueceu sua Pasta, onde havia guardado, com todo cuidado,Eu, em
cima de um frio , pegajoso balcão. Aliviado, sorrindo você me pega, e guarda outra vez no coração.Olha para a tarde é deliciosamente linda,
e então outra vez como um anônimo, nós dois, passeamos, amamos,
namoramos, como amantes felizes, no meio da grande festa da multidão.......

April
Enviado por April em 12/03/2013
Reeditado em 12/03/2013
Código do texto: T4184671
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
April
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 69 anos
2281 textos (28539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/19 12:57)
April