Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PANDEMIA

PANDEMIA
A felicidade está na loja de televisão
Esperando uma imagem
Um frasco uma dosagem
Lagrimas como munição de arremesso
Escondem-se as feridas
Fecham-se as cortinas
Liberdade, sanidade
Agonia no dia a dia

Entre virgulas e pregos virá o maldito remédio
Dançamos sem ritmo
Extinguiram as estrelas
O cérebro não acelera e o mal segue na esteira
Tudo afeta minha barata psicologia
E dormir é covardia
Um labirinto infinito
Sem se ouvir da vitória o grito
 
(Orides Siqueira)
Orides Siqueira
Enviado por Orides Siqueira em 17/06/2020
Código do texto: T6980104
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Orides Siqueira
Arroio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 66 anos
524 textos (19450 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/08/20 05:25)
Orides Siqueira