Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GRACINHA E VALDETE, SAUDADES DOS CALOS DA MÃO...

GRACINHA E VALDETE, AH... QUE SAUDADES...
Eu morava em uma cidadezinha do Paraná. Bairro simples estilo cortiço. Certo dia, ouvi umas meninas falando que a gracinha estava enjoada, vomitando e poderia estar grávida. Falei pra minha mãe, com um cuidado de vigilante, para que ninguém ouvisse e fui trabalhar. Eu tinha, no máximo doze anos. Quando voltei, à tardezinha, vi uma aglomeração de gente em frente à minha casa e ouvi a frase: “olha ele ali”, essa frase nunca é coisa boa. Fui abordado, quase linchado para explicar por que é que eu estava dizendo que a gracinha engravidara. Quando fui procurar saber quem tinha ouvido o que falei quase nos ouvidos de minha mãe, era a Valdete, irmã mais nova da gracinha, famosa por ser surda e nunca entender o que a gente dizia. A gracinha sumiu. Depois de alguns meses voltou com um filhinho, mas essa é outra história... Mas faz parte da mesma...
carlinhos matogrosso
Enviado por carlinhos matogrosso em 15/05/2019
Código do texto: T6647959
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
carlinhos matogrosso
Sinop - Mato Grosso - Brasil
817 textos (17562 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/05/19 14:07)
carlinhos matogrosso