Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Você tinha uma delicadeza comovente. Eu tinha a rudeza de uma camponesa.
Você tinha uma elegância Até um impropério soava bem.

Eu envergava nas faces uma raiva inexplicável. E, você, era uma doçura desmedida e melódica.

Éramos diametralmente diferentes. Mas, éramos seres humanos e amigos...
Vc uma vez me confessou que gostaria de ter a coragem de dizer o que dizia... Eu ria... afirmando que é só começar

Cada um seguiu para um lado. Cada prosseguiu seu destino...
E, um dia o acaso nos fez encontrar novamente. Olhei para você, e vi a mesma pessoa doce de sempre. Você olhou para mim, e afirmou que estava menos rabugenta. Fiquei feliz de mudar. Mas, acreditei que mais uma vez era sua bondade a falar e não a crua realidade a existir.
GiseleLeite
Enviado por GiseleLeite em 30/07/2020
Código do texto: T7021637
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
GiseleLeite
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
2350 textos (3968996 leituras)
35 áudios (5206 audições)
27 e-livros (153747 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/08/20 22:05)
GiseleLeite

Site do Escritor