Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando amar virou um jogo?

Com o desinteresse deste século,
Somos todos os doutores
De usar as nossas máscaras
E fingir que não sentimos.

E quando amar tornou-se um jogo
Apostei todas as fichas
E perdendo essa batalha
Vi que não entendia as regras.

O afeto que escondemos
Nos dias que nem vivemos
É na verdade o que nem temos
Pois não aprendemos a sentir.

E nesse século descartável
Somos todos feitos de plástico
E dizimamos as tartarugas
Do oceano dos afetos.

Arthur Felix, 15 de julho de 2019.
No oceano em que nado, o amor é profundeza.
Arthur Felix
Enviado por Arthur Felix em 16/07/2019
Reeditado em 30/07/2019
Código do texto: T6696840
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Arthur Felix
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
36 textos (2680 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/19 15:22)
Arthur Felix