Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Epístola de domingo

Fevereiro de 2019,
O acaso supre a resolução, e o premeditado cede o passo ao fortuito. Aguardo, mas não só aguardo.
Meu amigo, antes que eu pudesse apresentar minha situação, precisei iniciar com o pensamento que me fez optar por escrever-lhe após tanto tempo... Com o perdão de tão longo intervalo, digo-lhe que falar cansa, esmiuçar essa abstração toda chamada vida, compartilhar tanto das emoções e objetivos... Que penalidade humana terrível que é! Imagine para nós que fomos amaldiçoados demasiadamente pelas oscilações...
Receio que compartilhar particularidades seja visto com maus olhos, mas quem de fato se importa? E qual ação é pura o suficiente que em nada não seja criticável por alguém? Ser culto é criticável, mudar para melhor é criticável, ser benevolente... De que é que podemos estar livres afinal? Nada... Então que seja assim!
Certas coisas já vi que não dependem de minhas ações, e por ausência de fé, coloco em mãos do acaso, mas não ignoro minhas pernas.
O desabafo está deslocado, mas venha cá exercer sua função de amigo, não estamos tão desamparados... Por mais idiotas que sejamos, há quem esteja por nós.
Até!
Carolina Svinna
Enviado por Carolina Svinna em 03/07/2019
Reeditado em 03/07/2019
Código do texto: T6687185
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Carolina Svinna
Jandira - São Paulo - Brasil, 23 anos
20 textos (222 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/10/19 17:47)
Carolina Svinna