Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta de despedida

Trago no peito uma dor insuportável, dos meus olhos insistem cair lágrimas. Do nada pego-me a pensar em coisas ruins, minha mente me tortura, ela é minha maior inimiga. A morte é minha única saída, talvez assim eu possa saber o que é viver. Felicidade? Nem sei o que é isso. A solidão se tornou minha fiel e prestativa companheira, ela nunca me abandona. Dias nublados e vazios, apenas o silêncio faz com que eu me sinta bem. Dias chuvosos e frios, a saudade se abriga ao meu lado. Queria que alguem me entendesse, apenas dessa vez... minha dor já não é a mesma, o vazio dentro de mim cresceu, a tristeza aumentou. Nada faz sentido, nada importa, eu não presto, sou inútil. Talvez esse seja mais um erro, mas ele salvará a parte de mim que quer viver.
Encontrarei vida em minha morte!
Akarth
Enviado por Akarth em 19/03/2014
Código do texto: T4735023
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Akarth
Santa Maria - Distrito Federal - Brasil, 24 anos
47 textos (1552 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/08/20 16:04)
Akarth