Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amada Minha

Nunca contei os dias e nem medi as distâncias que nos separavam.
Apenas esperei por você tão silenciosamente, que nem a pessoa com quem dividia meus dias, conseguiu escutar as batidas do meu coração,
que continuaram chamando por você.Falas na sua carta, de palavras não ditas de caminhos não cruzados e de silêncio de Amor.Falas tudo,
menos o quanto lhe esperei e do desejo tão secreto, que voltasse para mim, para comigo viver nosso sonho de Amor.Reconheço que fui timido
e infeliz, em não lhe confessar todo este meu sentimento, coragem que só se apoderou de mim, quando eu a perdi.Talvez ainda tenho medo de
me aproximar de você e ouvir o que a vida toda,não desejei ouvir, a
sentença de uma vida na completa solidão, vazia de você.Agora estou
decidido a lutar por um final feliz para nós dois.Amo você e a esperarei
o tempo que for necessário,para um dia alcançar a felicidade que me for dada e poder lhe dizer,com a mais convícta certeza, que sendo você para
mim, quase um sonho impossível,pois sou diferente de você um homem
que nem sabe falar de amor, de forma delicada e poética como você merece, da minha maneira quase rude, mas muito sincero, dizer que
você, é por todos os meus dias a única mulher da minha vida.

Do seu sempre e devotado amor.
April
Enviado por April em 08/10/2012
Código do texto: T3922891
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
April
São José dos Campos - São Paulo - Brasil, 69 anos
2271 textos (28407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/10/19 16:52)
April