Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu não estou certo

Você não está certo, não é - você concordou, e seu sorriso desapareceu
"No entanto, eu preferia tratar disso como uma piada, do que acreditar que você estava falando sério.
- Mas eu estou falando sério.
Eu suspirei profundamente. - Eu sei. Você quer mesmo tanto assim?
A dor estava de volta nos seus olhos. Você mordeu os lábios e afirmou com a cabeça.
- Tão pronto para isso ser o fim - você murmurou, quase pra si mesmo. - Pronto para esse ser o último encontro de nossas vidas, apesar da sua vida estar só começando. Você está pronto pra abrir mão de tudo? Eu te perguntei
Você falou:
- Não é o fim, é o começo - eu discordei por baixo do meu fôlego.
- Eu não valho a pena - você disse tristemente.
Eu suspirei.
Mas o seu humor se virou pra mim. Você curvou os lábios, e seus olhos estavam sondando.
Você examinou meu rosto por um longo momento.
- Você está pronta agora, então?
- Eu engoli seco. - Sim?
Você sorriu e inclinou sua cabeça lentamente até que seus lábios frios passaram na minha pele, bem abaixo do contorno da minha mandíbula.
- Agora mesmo? - você sussurrou, sua respiração estava fria no meu pescoço. Eu me
arrepiei involuntariamente.
- Sim - eu sussurrei, assim minha voz não teria a chance de falhar.
Você gargalhou sombriamente, e se afastou. Seu rosto parecia desapontado.
- Você realmente acredita que eu desistiria assim tão fácil de você - você disse com um leve tom de divertimento na voz.
Toda garota tem pesadelos, mas eu sonho...
- Eu sonho mais em estar com você por toda a eternidade.
Sua expressão mudou, se suavizou e ficou triste pela súbita dor na minha voz.
- Rose. - Seus dedos lentamente traçaram os contornos dos meus lábios. - Eu vou ficar com você, isso não é o suficiente?
Eu sorri por baixo dos seus dedos. - Suficiente por enquanto.
Você fez uma careta pela minha tenacidade. Você exalou, e o som foi praticamente um rosnado.
Eu toquei seu rosto. – Olha - eu disse. - Eu te amo mais do que tudo no mundo junto.
Isso não é o suficiente?
- Sim, é suficiente - você respondeu sorrindo. - Suficiente pra sempre. E eu também te amo por toda a eternidade.
E você se inclinou pra tocar meus lábios frios mais uma vez.
Lua Linda
Enviado por Lua Linda em 28/12/2010
Código do texto: T2696193

Comentários

Sobre a autora
Lua Linda
Belém - Pará - Brasil, 34 anos
83 textos (6845 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/05/21 15:06)
Lua Linda