Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amizade

Sabe por um instante eu achei que tinha encontrado a pessoa mais bacana e sensata, que tinha uma conexão inexplicável comigo. Uma pessoa na qual eu tinha muito apego e consideração, que eu fazia questão de atravessar oceanos por ela, só pra ver ela bem.
Eu era só amor, por que isso é uma característica minha, de cuidar, de dar carinho, atenção, sempre fazia questão de mostrar o quanto ela era importante pra mim e que ela podia contar comigo pra tudo, éramos muito ligadas tudo que ela precisou de mim nunca hesitei em ajudar, mesmo eu não estando bem às vezes, eu ia mesmo assim.
Mais com o tempo eu foi notando o desinteresse dela, tudo que eu programava de fazer com ela, ela sempre me colocava em segundo plano.
Sim os sinais eram visíveis, mais eu insisti nessa amizade, tenho esse defeito de permanecer insistindo até quebrar a cara. E por causa de  uma coisa tão inofensiva que eu disse pra ela, que o foi motivo, pra ela se afastar de mim. Eu estava percebendo algo diferente nela, e cai na besta de mandar uma mensagem fofa, dizendo pra ela deixar eu cuidar dela, o que pra mim não foi nada demais, não vejo problema nenhum de um amigo querer cuidar do outro, mais pra ela foi ofensivo, viu maldade e segundas intenções. Também não vejo problema nenhum de um amigo dizer pra outro amigo que ama ele, e eu idiota demais vivia dizendo isso a ela, achando que eu estava sendo agradável.
Porem sou sincera e me impus pra ela, pela sua ausência na nossa amizade. Sempre as mesmas desculpas esfarrapadas, a correria a falta de tempo, como se só ela fosse ocupada. Então do nada ela parou de falar comigo, sem ao menos eu saber o motivo, fique estagnada tentando entender o que foi que eu havia feito de tão horrível pra ela, pra tá merecendo aquilo, não me procurou, 3 meses e nada, eu sabia que o problema era eu porque excluiu nossas fotos juntas e não curtia mais minhas publicações. Como eu me penalizei, e chorei, e vi tanta ingratidão em uma pessoa que considerava amiga. Até que eu mandei mensagem pedindo pra ela me contar o motivo, eu suspeitava mais queria que ela me falasse a verdade, também procurei o irmão dela que assim como ela não falou comigo por 3 meses, e pedi pra ele por Deus, pra dizer o que foi que eu havia feito de ruim pra ela. E ele me contou que ela se afastou de mim por achar que eu estava gostando dela como mulher, bom mesmo se isso fosse verdade como amiga, isso não era motivo pra ela ter feito isso comigo, ela tinha que ter pelo menos conversado comigo antes de me apedrejar, mais não foi o que ela fez, além de ter contado isso pra sua família, inventou um monte de coisas que eu não fiz, e pra piorar mentiu pra mim de novo, ela respondeu minha mensagem e sua justificativa foi, que ninguém fez nada pra ninguém e que ela não podia voltar a ser minha amiga por conta da correria e do namoro. Mais antes ela não tinha namorado e nunca tinha tempo pra mim, só sei que até essa justificativa prova que ela nunca foi minha amiga de verdade, amizades verdadeiras não terminam por conta de correria e de namoro. Sabe eu não consigo entender porque menti tanto, porque não tem coragem de me dizer a verdade, mais teve coragem de me difama prós seus pais e conhecidos. Sou tão diferente dela, se fosse ao contrário eu teria conversado com ela e não apedrejado ela como ela fez comigo. Bom eu já não queria mais saber de arrumar namorado por causa das decepções e agora não quero mais ter amigos, tudo mundo se aproxima eu confio, falo das minhas dores, penso que vai ser diferente, mais no final vejo que são todos iguais, só te querem por perto até aparecer algo melhor. Dei tudo pra ela, tudo, sempre que precisava de alguma coisa lembrava mim, ajudei e muito mais do que ela a mim e a única coisa que eu ganhei foi sua ingratidão, só porque eu queria que ela, me priorizasse de vez enquanto, igual ela priorizava os desconhecidos que ela conversava pela internet. Hoje eu estou só Deus sabe, tentando me reerguer de novo, não tá fácil... Tenho sofrido muito e o pior, eu me culpo por ter sido eu, intensa verdadeira amiga. Talvez se tivesse sido cruel eu teria mais valor.
Crhistiane Ester Barbosa
Enviado por Crhistiane Ester Barbosa em 16/04/2021
Reeditado em 16/04/2021
Código do texto: T7233406
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre a autora
Crhistiane Ester Barbosa
Senador Canedo - Goiás - Brasil, 38 anos
19 textos (815 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/05/21 01:10)
Crhistiane Ester Barbosa