O ESPECTRO DA FOME

Publicado por: Janete Sales Dany
Data: 25/11/2021
Classificação de conteúdo: seguro

Créditos

Voz e soneto por:
Janete Sales Dany
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

O ESPECTRO DA FOME

O tempo passa e a fome continua

matando, torturando feito guerra...

Miséria persistente em toda rua

e assim, em cada esquina, a vida encerra.

 

Sabemos da verdade nua e crua —

há nítidas riquezas nesta terra...

Mas a ganância eterna não recua,

não vê a dor, o grito de quem berra.

 

Toda cegueira tem que perecer,

há de reinar o amor no amanhecer...

Indago, qual seria a solução?

 

Oferecer a mão, doar o pão.

Findar o desperdício tão mortal,

apenas consumir o essencial!

 

Janete Sales Dany

 

Atividade

FÓRUM DO SONETO

T7390564

TEMÁTICA:

Meio Ambiente ou Fome

Janete Sales Dany
Enviado por Janete Sales Dany em 25/11/2021
Código do texto: T7393874
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.