RECONSTRUÇÃO - Tânia Mara Paula

Publicado por: roselves Alves
Data: 10/11/2021
Classificação de conteúdo: seguro

Créditos

Poesia de Tânia Mara Paula
Voz: roselvesalves@gmail.com

Reconstrução

Quero me desfragmentar.

Fazer - me autêntica

Juntar os pedaços

E reorganizar me a meu modo.

Quero ser canção,

mas também a melodia.

Quero ser o livro e habitar nas palavras

Mas mais do que isso, quero ser o entendimento de quem lê.

Quero ser o eu de outrora,

Com o eu de agora..

Quero ser o âmago de mim mesmo

Essa aflição  de sentimentos

Entre tristeza e contentamento

Quero ser ilha

Mas habitar todo um continente

Não  ser mais passado

mas estar um passo a frente.

Não,  não almejo ser o sol

Quero apenas ser raios quentes.

Se tiver que ter lágrimas

Que sejam de ternura

Se tiver que ser adeus

Que não seja de partida

Mas de recomeços.

Tânia Mara Paula
Enviado por Tânia Mara Paula em 11/10/2016
Reeditado em 26/12/2017
Código do texto: T5788200
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.