Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
“REDONDES & REDONDISTAS 005/2021”
Publicado por: Jacó Filho
Data: 21/07/2021
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Poema (redonde) - Autoria
Lua Vermelha - Sandra Laurita
Lua Cheia - Francisco A. Góis
Magia da Lua Cheia - Jacó Filho
Despertar - HLuna
Sintonia - Mara Cardozo
O Amor - LuCosta
Rio de Janeiro - Orpheu Leal
Saudade - Maria A. da S. Caliari
Felizmente - Chico Chagoso
Bailado de Amor - ChicoMesquita
Criação de Chico Góis - Chico Legal
Meu Amigo Chico Legal - Francisco A. Góis

Fundo musical:
LOVE IS ALL AROUND: Hugh Grant - Reg Presley
Piano: Harry Völker


Texto

REDONDES & REDONDISTAS 005/21

LUA VERMELHA - redonde

Lua cheia e vermelha
Vem surgindo lá no céu
Ela nasce sobre a telha
Carregando seu troféu
É brilhante, tão gigante
Alegria dos amantes
Irradia uma centelha
Parecendo um fogaréu
Lua cheia e vermelha
Vem surgindo lá no céu
(Sandra Laurita)

LUA CHEIA - redonde

Quando ela vem radiante
Clareando a noite escura,
Invade esse instante
A poesia mais pura!
Não existe coisa mais bela...
Então eu lanço pra ela
O meu uivo de amante
Ao contemplar tal doçura...
Quando ela vem radiante
Clareando a noite escura.
(Francisco de Assis Góis)

MAGIA DA LUA CHEIA - redonde

A lua sempre me inspira
Ao mesmo tempo, encanta.
Essa magia que conspira,
Toda vez que se levanta.
Nasce vestida de ouro,
Para ser nosso tesouro,
E cada poeta delira.
Como se fosse uma santa,
A lua sempre me inspira
Ao mesmo tempo, encanta.
(Jacó Filho)

DESPERTAR - redonde

Abri os olhos pro dia,
que veio bater-me à janela,
foi intensa a alegria,
eu aplaudo a vida bela.
Céu azul, o sol brilhando,
melodias vou cantando.
Quero a tua companhia,
nesta linda passarela.
Abri os olhos pro dia,
que veio bater-me à janela.
(HLuna)

SINTONIA - redonde

Ele ama meu carinho
Sua voz me enlouquece!
E diz que sou um docinho
De ternura me aquece
Quando me pede um beijo
Sinto enorme desejo
Atração vem de mansinho
E como se enternece
Ele ama meu carinho
Sua voz me enlouquece!
(Mara Cardozo)

O AMOR - redonde

O amor é desse jeito
Às vezes, fogo ardente
Que queima o nosso peito.
Outras vem tranquilamente,
De modo nada suspeito.
Não temos como fugir,
Se ele decide vir...
Chega assim, tão perfeito,
Se instala, realmente!
O amor é desse jeito,
Às vezes fogo ardente.
(LuCosta)

RIO DE JANEIRO - redonde

Estou morando bem aqui
Na bela cidade do Rio,
Mas no Rio eu não nasci
E aqui não sinto frio.
Vivo bem despreocupado
Sempre alegre e sossegado.
Cidade igual, nunca vi,
Aqui canto e assobio
Estou morando bem aqui
Na bela cidade do Rio.
 (Orpheu Leal)

SAUDADE - redonde

Saudade não é sofrimento
Saudade não é nostalgia
Saudade é algo por dentro
Nem tristeza nem alegria
Ela chega com o vento
Trazendo contentamento
Saudade traz ventania
Revira a alma por dentro
Saudade não é sofrimento
Saudade não é nostalgia
(Maria Augusta da S. Caliari)

FELIZMENTE - redonde

Francisco de Assis Góis
Nos dá um belo presente
Que encanta a todos nós
Da poesia latente.
Lhe somos gratos, Francisco
Por tão insigne petisco.
Uma pandemia atroz
E acontece felizmente:
Francisco de Assis Góis
Nos dá um belo presente.
(Chico Chagoso)

BAILADO DE AMOR - redonde

Borboletas multicores,
Num bailado de amor,
Pairando por sobre flores,
Num sonho encantador.
Dão vida a natureza,
Com requintes de beleza.
Flores de diversas cores,
Tem a mão do Criador,
Borboletas multicores,
Num bailado de amor,
(ChicoMesquita)

A CRIAÇÃO DE CHICO GÓIS - redonde

O Redonde é bem legal
Criação de Chico Góis
É belo experimental
Que foi feito para nós
E como nos faz pensar
Queremos logo criar
Um textinho genial
Feito juntos ou a sós
O Redonde é bem legal
Criação de Chico Góis
(Chico Legal)

MEU AMIGO CHICO LEGAL - redonde

Esse grande escritor
É um cara genial!
Esse poeta é doutor
E fã do experimental
Denominado redonde;
E isso ele não esconde...
Nas rimas é professor,
Seu nome é Chico Legal.
Esse grande escritor
É um cara genial!
(Francisco de Assis Góis)

*Redonde é um estilo poético criado por Francisco de Assis Góis. Conheça a sua teoria literária no link:
https://www.recantodasletras.com.br/teorialiteraria/7124216

Ouça a declamação nas páginas de áudio do poeta Francisco de Assis Góis e da poetisa Andreia Jacomelli.

NOTA: Caso algum poeta autor de REDONDES presente nessa página deseje publicar as declamações em sua página de áudio, terei o maior prazer em enviar o arquivo no formato mp3. Basta solicitar através dos comentários.
Minha gratidão a todos e até o próximo REDONDES & REDONDISTAS.
Francisco de Assis Góis.

*************

Belíssima interação do poeta Solano Brum. Gratidão meu caro amigo.

LUA FOFOQUEIRA - redonde

Eu nunca prestei atenção,
Do "Tempo" do nosso amor!
Acontece d'uma explosão
E o fogo, tem muito "calor!"
Nunca sei o "tempo" exato...
Mas, que leva "tempo", é fato!
A lua, por essa explosão,
Desmaia perdendo a cor!
Eu nunca prestei atenção,
Do "Tempo" do nosso amor!
(Solando Brum)

 
Francisco de Assis Góis, Andreia Jacomelli, Sandra Laurita, Jacó Filho, HLuna, Mara cardozo, Maria Augusta da Silva Caliari, Chigo Chagoso, ChicoMesquita, Chico Legal. LuCosta e Orpheu Leal.
Enviado por Francisco de Assis Góis em 19/07/2021
Reeditado em 22/07/2021
Código do texto: T7302693
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Jacó Filho
São Paulo - São Paulo - Brasil, 71 anos
5535 textos (381739 leituras)
4 áudios (98 audições)
2 e-livros (374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/07/21 23:32)
Jacó Filho
Rádio Poética