Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
MOBY DICK (Dueto)
Publicado por: Richard Foxe
Data: 24/07/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Autores: Richard Foxe & Maria Cândida Vieira.
Locutora: Maria Ventania.

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

MOBY DICK (Chamai-me Ismael)

.
Um astro vai seguindo, com cega obstinação,
e na estiva o Pequod altivo baunilha e mirra
não carrega. O valente capitão, bravo de birra,
e seus intrépidos demônios armados com arpão,

sedentos são de óleo, sangue e aventura
(hesitantes estão perante a silente majestade
do leviatão, da sua estranha olímpica beldade).
De tarde o astro-rei vira opaca pedra obscura:

-range o forte mastro dobrado pelos ventos
enquanto a proa grava fugazes arabescos
nas tímidas maretas e fogem os grotescos
narvais soltando seus lúgubres lamentos.

Aves marinhas, com assombrosos gritos,
olham das nuvens os remadores sanguinários:
-pobres almas pressentindo os súbitos sudários...
de algas e líquens serão feitos seus vestidos.

Furiosos os blasfemos afundam gélidos punhais
lampejantes no imenso e severo símbolo divino,
mas Moby Dick, germano do albatroz e do destino,
na horrenda foz precipita os insolentes mortais.

Volta a espuma a recobrir o antigo manto arcano,
glauca alegoria da força inenarrável do Absoluto:
-não ouse profanar -o caçador perverso e bruto-
o império transcendente do místico Oceano!

(Richard Foxe)


Cortando o imenso oceano azul,
Parte o navio baleeiro, chefiado
Pelo misterioso capitão Ahab,
que quer Moby Dick enfrentar.

Todos os pobres e valentes homens
Acostumados aos perigos do mar,
Serão convencidos pelo capitão a
Uma terrível  baleia branca caçar.

Ismael, Queequeg e tantos outros
Querem apenas se aventurar,
Mas desconhecem que um louco
Quer uma vingança consumar.

Quem é Moby Dick, o imponente
E terrível cachalote cuja bela
E deslumbrante cor branca
Vem nossos olhos fascinar?

Será ela o Leviatã, um demônio,
Ou a força implacável da natureza
Que ninguém deveria ousar desafiar?
Por que dela Ahab quer se vingar?

Ahab conduz os homens que, hipnotizados,
Por sua  insensatez se deixam fascinar,
E não ouvem Starbuck, que tenta alertá-los
De que um maníaco os está a comandar.

(Maria Cândida Vieira)



Esse dueto se encontra também no meu E-book intitulado: "Os mais belos Duetos" que pode ser baixado grátis na seção E-livros da minha escrivaninha.




Richard Foxe e Maria Cândida Vieira
Enviado por Richard Foxe em 28/04/2019
Reeditado em 09/07/2019
Código do texto: T6634514
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Richard Foxe
San Marino - San Marino - San Marino
160 textos (49029 leituras)
21 áudios (1294 audições)
11 e-livros (837 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/19 10:06)
Richard Foxe
Rádio Poética