Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
PASSADO // SONETO
Publicado por: Esther Lessa
Data: 03/04/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
SONETO // PASSADO

AUTORIA E DECLAMAÇÃO ESTHER LESSA


FUNDO MUSICAL // TRISTESSE DE CHOPIN

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

PASSADO // SONETO

DEUS  SEJA  LOUVADO !
QUE  A  GRAÇA  DO  SENHOR  JESUS  SEJA  SOBRE  TODOS  NÓS !
JESUS !    -  NOME  QUE  SALVA !
***************************
“ MAS  OS  QUE  ESPERAM  NO  SENHOR  RENOVARÃO  AS  SUAS   FORÇAS...” ISAÍAS  40 : 31 (caput)
“ PORQUE  EU, O  SENHOR  TEU  DEUS,  TE  TOMO  PELA  TUA  MÃO  DIREITA, E TE DIGO: NÃO TEMAS, QUE  EU  TE  AJUDO !“ISAÍAS  41:13
******************************************
SONETO /  ESTHER  LESSA

    PASSADO     //   PARA  MEU  INESQUECÍVEL  BAL

  Lembro-me  ainda  quando  me  deleitavas
          Com  tuas  suculentas  iguarias...
      E   d’  tuas  atenções  me  revestias...
     Com  arte, meus desejos despertavas !

    Em   feéricas   florestas  (eu)  passeava !
    Embriagada  d’ teu  charme  me  fazias !
     Como  rios  de  amor,  em  mim  corrias
    E   tomada  de  encantos  me   deixavas !

         Mas  um  dia, triste dia, tu  voaste
       Nas  asas  da  luzente  aurora, amado!
     Boca  louca ...  alma  triste  me   legaste !

         Ávido  de  ti,  meu  corpo  prostrado
     Geme em lamentos, se sentindo um traste...
   Ah, amor meu, de repente, tudo é passado!
*************************************
 OUÇA  A  DECLAMAÇÃO !
SE  GOSTAR, DEIXE UMA PALAVRINHA !
OBRIGADA !

******************************************

MULHER  MERECE  RESPEITO !
“ MEXEU  COM  UMA , MEXEU  COM  TODAS ! “

******************************************

                                                                                 INTERAÇÕES

      Ah! A gente arde mesmo! Em saudades, querido poeta JACOZINHO !
    Obrigadíssima!

           ARDENDO EM SAUDADES

 Tal qual as estrelas, quando o Sol nasce,
 Percebi-te afastando, e tua luz, sumindo....
 E na saudade, que só eu estou sentindo,
 Não tem remédio que tome, e ela passe...

 Enquanto olho pra lua banhando o mar,
Ouvindo em grotas o canto da saracura,
 Chora distante esta alma a tua procura,
 Orando a Deus, pra um dia te ver voltar...

 Permeando entre lembranças e tristeza,
 Relembro o dia que o verso foi parceiro,
 E luzia amizade na chama do candeeiro...

 Pergunto às brisas onde anda tal beleza,
 Que o mar levou em navios estrangeiros,
 Fazendo a saudade queimar em braseiro...
(reedição)
***********************************************************
Esther Lessa
Enviado por Esther Lessa em 03/04/2019
Reeditado em 11/04/2019
Código do texto: T6614739
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Esther Lessa
Vitória - Espírito Santo - Brasil
1298 textos (116283 leituras)
107 áudios (6506 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/19 17:54)
Esther Lessa
Rádio Poética