Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Meus Olhos
Publicado por: alexandre montalvan
Data: 27/03/2017
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Poesia - Meus Olhos
autor e locutor - Alexandre Montalvan
f musical - El Laberinto del Fauno Nana de Mercedes

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Texto

Meus Olhos

Meus olhos em faces tão pálidas
angustia infinita, invalida.
E eu olho o que resta, o nada.
sem rumo, indecisa barca.
a deriva na escuridão.

Meus olhos que olham perdidos
olham sem nenhum sentido
não sei até onde vão

Meus olhos nos céus se demoram
refletem a lua distante
indiferentes e sem emoção

Eles veem morrer a minha alegria
entre as sombras do coração
é uma lúgubre sinfonia
e eles veem  ao meu lado uma serpente...

A solidão!
alexandre montalvan
Enviado por alexandre montalvan em 27/03/2017
Reeditado em 27/03/2017
Código do texto: T5953165
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
alexandre montalvan
São Paulo - São Paulo - Brasil
690 textos (30540 leituras)
302 áudios (8344 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 13:52)
alexandre montalvan
Rádio Poética