Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Sombras
Publicado por: alexandre montalvan
Data: 05/05/2014
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
poesia - Sombras
autor e locutor - Alexandre Montalvan
F. musical - Emotional Music - Memories
BrunuhVille

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Texto

Sombras

Débil é a névoa na noite de outono
a brisa suave esvoaça os cabelos
um olhar distante pelo abandono
lúdico momento, mar de pesadelos.

Fecham-se as portas deste teu castelo
cerram as cortinas deste palco triste
só compreende que não mais existe
nas dores eternas deste teu flagelo.

Morreu de amor, nada pôde ser feito
agonizou no leito e sobre o teu peito
aquela foto suja desbotada e feia
comida pelo tempo, pelo suor das mãos
e um pobre coração que jaz sem jeito.

Morreu de amor, uma morte abismada
como estrela que com o tempo perecia
morreu de morte, em constante agonia
um amor, uma dor, uma morte anunciada.

E nas vezes que voava sobre as aguas
e sobre estas mesmas aguas, criatura!
perturbas este céu cheio de fogo.
E eu terei de viver sem você
mais parece que é como morrer
no silencio das sombras escuras.
alexandre montalvan
Enviado por alexandre montalvan em 05/05/2014
Reeditado em 05/05/2014
Código do texto: T4794718
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2014. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
alexandre montalvan
São Paulo - São Paulo - Brasil
691 textos (30555 leituras)
303 áudios (8351 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 08:41)
alexandre montalvan
Rádio Poética