Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
Faça falta!
Publicado por: Milton Duarte
Data: 09/07/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
Texto e narração: Milton Duarte

Veja a mensagem em vídeo: https://youtu.be/YfmROsH9fak


Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (https://youtu.be/YfmROsH9fak). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

FAÇA FALTA! Você tem valor!

VEJA ESTA LINDA MENSAGEM EM VÍDEO: https://youtu.be/YfmROsH9fak
-----------
Não vai ser do dia pra noite.

Talvez não seja como você pensa ou espera...

Mas o seu silêncio e maturidade, além do tempo, parceiro e confidente imprescindível, podem ser os únicos ingredientes para que sua falta seja sentida.

Você vai se surpreender, mas no final vai ver que não precisou ou não deveria mesmo fazer nada.

Não implore por atenção. Nem mesmo espere ser lembrado. Nem se revolte. Assim, você perde ainda mais valor do que o que deixaram de lhe dar.

Aja como se realmente não lhe importasse o que pensem ou digam.

Não será fácil. Você pode até querer agir por impulso, gritar às vezes que está vivo, que existe, que é capaz de mudar ou de fazer algo para ser notado.

Mas o melhor é ficar quieto e esperar.

Ou, como já foi dito: não esperar nada.

Seguir sua vida, buscar novos motivos para sorrir, levar alegria e esperança às pessoas que realmente querem e merecem a sua presença. Gente que aceita sua atenção e ajuda.

Não busque saber onde errou, nem mesmo se errou. Ainda que tenha errado e muito. Apenas não se culpe demais. Ningúem é perfeito!

Olhe para você. Reconheça o que já viveu, sofreu e principalmente o que já foi capaz de superar até chegar até aqui. Não é o fim.

A vida, o tempo e as experiências, mesmo as mais frustrantes e dolorosas lhe prepararam para ser o que é, forte, um vencedor, sim.

Cuide de sí mesmo. Com uma boa dose de amor próprio a até egoísmo, se for necessário. Afinal, é de você que estamos falando.
Não se leve tão à sério. Não busque justiça. Ela pode ser relativa.

No final, quando menos esperar, sua falta será sentida. E o mais libertador é que isto não terá mais nenhuma importância pra você.

Você, enfim, terá encontrado o que realmente importa: você, pronto para novas e melhores jornadas.
Milton Duarte
Enviado por Milton Duarte em 09/07/2019
Reeditado em 16/07/2019
Código do texto: T6691876
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Milton Duarte - https://www.youtube.com/channel/UCbiiSrW10Eoh5zWFwBDPPZg/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Milton Duarte
Parnamirim - Rio Grande do Norte - Brasil, 52 anos
180 textos (839763 leituras)
51 áudios (262840 audições)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 20:31)
Milton Duarte
Rádio Poética