A Criação (O início - Sinfonia dos passarinhos)

Publicado por: Pacco
Data: 25/05/2009

Créditos

Instrumental - mp3
A Criação (O início - Sinfonia dos passarinhos)
Composição: Paulo Costa e Madalena Romagnolo.
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

SINFONIA DOS PASSARINHOS

Sinfonia dos passarinhos no arrebol...

Soam melodias que vêm co’os raios de Sol —

Anunciando um novo dia.

A aurora manifesta suaves e ledas andanças,

Em nossas vastas sensações nas lembranças,

Numa fascinante eufonia.

O Bem-te-vi entoa notas em Lá bemol...

Os pássaros saem dos ninhos, atrás do girassol —

Compondo cantos em liberdade.

Gorjeiam frases polifônicas, sem aritmética...

Alimentam os filhotes numa forma tão poética —

E permanente notoriedade.

Aqui, no alto desta colina, onde os Canarinhos

E as graciosas Andorinhas, vêm fazer seus ninhos —

Trazem no bico — ramos e flores...

Num ad libitum bailado, flutuante e envolvente;

Sintonia nos belos cantos da natureza atinente —

Ao romper da aurora — lindas cores!...

As faceiras Gaivotas, ao mar, com suas asas longas...

Mergulham num voo rasante por debaixo das ondas;

E voam sobre as marés mais altas...

Predominando entre outras aves, em seu espaço aquático;

Mas aí, o Jaburu afana delas o alimento, mui simpático...

Levando o pescado das Gaivotas!

O Rouxinol, com seu canto lírico, gorjeia linda melodia...

Uma sonoridade inebriante, na glória de sua cantoria...

As cadências jamais esquecidas;

Vibram com todo ardor, acalentando nossos corações,

Junto co’os acordes vindo do Sol, e trazem-nos emoções

Vibrantes nas asas coloridas.

As Araras, com caudas reluzentes, belas e formosas...

Rubras, verdes, amarelo, azul anil, de cores extremosas,

Acalentando, todo o alvorecer...

Fazendo gracejos p’ra sua amada, exibindo o seu cantar...

Que o tempo esculpiu na linda floresta o seu trautear...

Profunda satisfação de viver.

O Pica-pau picota na madeira — fazendo toda a marcação;

Regendo no toc-toc, os meros compassos com precisão...

Os passarinhos saem dos ninhos —

Nos primeiros raios de Sol... E vestem a mata de toda cor...

Pintassilgo, Curió, Tuim, Tiziu, Uirapuru, Sabiá e Beija-flor...

Na Sinfonia dos passarinhos.

Paulo Costa

São Paulo, 13 de agosto de 2000.

Pacco
Enviado por Pacco em 24/02/2009
Reeditado em 06/10/2011
Código do texto: T1454669
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.