Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
O DETETIVE
Publicado por: Dolce Vita
Data: 27/08/2015
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
O DETETIVE

AUTORA E VOZ: DOLCE VITA

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Texto

 
O DETETIVE
 
 
Naquela tarde Horácio — visivelmente abatido — entrou no escritório. Sem cumprimentar a secretária, ele seguiu para sua sala, batendo a porta. Preocupada, Judite tratou de fazer o café. Quem sabe, uma boa xícara o animasse um pouco.

Ao abrir um grande envelope deixado sobre a escrivaninha, Horácio sentiu uma vertigem. Além das duas noites sem dormir, ele passara o dia em jejum. O detetive tentou se concentrar nas fotos retiradas do envelope, mas, por um momento, as imagens embaralharam-se diante de seus olhos. E então ele viu a figura de sua ex-mulher. Em cada uma das fotografias, Martha abraçava um homem diferente. Horácio reconheceu os sujeitos: eram todos seus clientes. Um grito de angústia ecoou pela sala. 


Assustada, Judite abriu a porta e viu Horácio deitado no pequeno sofá do escritório. Diversos retratos estavam espalhados pelo chão. Ela abaixou-se para pegá-los:

— Num instante eu arrumo pro senhor.

— Deixe tudo aí, Judite.

Sem desviar os olhos das imagens, a secretária retrucou:

— Mas são as fotografias da esposa do senhor R. Ele deve chegar daqui a quinze minutos.

O detetive levantou-se num pulo segurando um dos retratos. Judite estava certa. Agora Horácio se lembrava. Aquelas eram as fotos da investigação que ele mandara a secretária revelar pela manhã.

Não restava nada a dizer, além da verdade:

— Estou cansado destes casos. Não quero mais seguir ninguém.

Surpreendida pelo desabafo do detetive, Judite ponderou:

— O senhor tem trabalhado demais. Precisa de férias. Uma viagem pra recarregar as energias.

Horácio gostaria de acreditar nisto, mas ele sabia: estava a um passo de perder o controle. Talvez as férias fossem permanentes.



NOTA DA AUTORA: Para melhor entendimento da trama, sugiro a leitura dos contos desta série: "O Primeiro Caso", "O Caso do Bar", "A Sombra de Eva" e "A Ex-Mulher ".

 
(*) IMAGEM: Google
 
Dolce Vita
Enviado por Dolce Vita em 27/08/2015
Reeditado em 19/10/2015
Código do texto: T5361116
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Dolce Vita
São Paulo - São Paulo - Brasil
1209 textos (278636 leituras)
341 áudios (55542 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/05/21 19:56)
Dolce Vita

Site do Escritor
Rádio Poética