Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
SOM DO BERRANTE - VAL BERNARDINO
Publicado por: roselves Alves
Data: 17/07/2021
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
LETRA E MÚSICA : VAL BERNARDINO
ARRANJO E INTERPRETAÇÃO : EDSON FASCINA

Texto

AO SOM DO BERRANTE

Eu nasci aqui no rancho, bem distante da cidade
Onde o rio corta o leito,onde  não existe falsidade
O meu berço é caipira, sou filho de lavrador
Cresci com meus pés descalço e sem estudo seu doutor

Mas na roça tudo é simples
Vaidade não existe não
Lá a gente tem de tudo
Tem trabalho tem profissão

De manhã ordenha o gado
Alimenta a criação
E junto com os amigos
vai colher a plantação

Sou do tempo que um berrante
era o grito de um peão
Pedindo pra passar o gado
Pro aconchego de um galpão

A gente descia, pra porteira abrir
Para o gado pantaneiro possa descansar ali

Ao chegar de tardezinha, junto ao fogo no espigão
A família se reunia pra fazer uma oração
Seu doutor não se preocupe não
se eu não sei falar direito
Mas trago em minha vida a sina de boiadeiro

" Está em áudio "
Val Bernardino e Edson Fascina ( produções )
Enviado por Val Bernardino em 07/07/2021
Reeditado em 17/07/2021
Código do texto: T7294857
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
roselves Alves
Cordeirópolis - São Paulo - Brasil, 63 anos
300 textos (53862 leituras)
1818 áudios (36904 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/21 08:23)
roselves Alves
Rádio Poética