Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
ChicoDoCrato-AraripeJúnior-EcosEreflexos
Publicado por: ChicoDoCrato
Data: 08/09/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
ChicoDoCrato-AraripeJúnior-EcosEreflexos.
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/84190
ChicoDoCrato, Música, Voz e Violão, Arranjo, Mixagem e adaptação do texto-poema de Araripe Júnior
AosMeusfilhos, Manuel(Oceânografo), Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina, Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity110 Rítmo 000 + em Dó+.. Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial etc

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original ( Todos os direitos aos meus filhos e netas e parceiros). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

ChicoDoCrato-AraripeJúnior-EcosEreflexos

ChicoDoCrato-AraripeJúnior-EcosEreflexos
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/84194
ChicoDoCrato, Música, Voz e Violão,  Arranjo, Mixagem e adaptação do texto-poema de Araripe Júnior
AosMeusfilhos, Manuel(Oceânografo), Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina, Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity110  Rítmo 000 + em Dó+.. Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão.  A proteção anticópia é ativada.

Ao nascer cada um recebe
um prisma risonho ou triste;
por ele vê quanto existe
na própria impressão que bebe.

Não raro a vista mais fina
se ilude e aquilo que vemos
é uma imagem que trazemos
impressa em nossa retina.

Se, as costas à luz voltadas,
andamos, eis que, adiante,
uma sombra itinerante
nos guia em nossas jornadas.

Falas aos ecos? As frases
dos ecos soltas, disjuntas,
são outras tantas perguntas
às perguntas que lhes fazes.

Conosco os destinos jogam,
mudando os berços em lousas
interrogamos as coisas
e as coisas nos interrogam.

Se lanças teus olhos, a esmo,
em qualquer ponto da terra,
cada fenômeno encerra
uma porção de ti mesmo.

Mas, se na vaga defesa
da alma, deres um mergulho,
apesar de teu orguho,
naufragarás com certeza.

Nessa vaga escura, imensa,
morrerás, novo Meandro,
mesmo vestindo o escafandro
quer da razão, quer da crença!

ChicoDoCrato e Araripe Júnior
Enviado por ChicoDoCrato em 08/09/2019
Reeditado em 08/09/2019
Código do texto: T6740353
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ChicoDoCrato
Salvador - Bahia - Brasil, 63 anos
886 textos (17842 leituras)
891 áudios (17377 audições)
43 e-livros (1295 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 20:09)
ChicoDoCrato
Rádio Poética