Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
ChicoDoCrato-APiaí-Marcas
Publicado por: ChicoDoCrato
Data: 01/07/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
ChicoDoCrato-APiaí-Marcas
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/83610
ChicoDoCrato, Violão, Sintetizador, Arranjo e Mixagem.e adaptação do poema de A.Piaí.
AosMeusfilhos,Manuel(Oceânografo),Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina,Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity, 000 Ritmo 000 + 60 em Mí+. Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Licença Creative Commons: permitir a cópia, distribuição e execução da obra, desde que lhe sejam atribuídos os devidos créditos.


Texto

ChicoDoCrato-APiaí-Marcas

ChicoDoCrato-APiaí-Marcas
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/83610
ChicoDoCrato, Violão, Sintetizador, Arranjo e Mixagem.e adaptação do poema de A.Piaí.
AosMeusfilhos,Manuel(Oceânografo),Rodrigo(Logística)minhanetinhaValentina,Rafael(Agrônomo)MinhaNetinhaMariaIsadora.
Audacity, 000 Ritmo 000 + 60 em Mí+.  Gravação caseira. Gravar em estúdio.
Licença Creative Commons: permitir a cópia, distribuição e execução da obra, desde que lhe sejam atribuídos os devidos créditos.

Tú te queixas das tuas cicatrizes...
...sou as cores que te pintam,
O espetáculo que te acolhe
E te deslumbra.
Sou a poltrona ocupada
A platéia que te aplaude,
O pano de fundo,
Bastidores, camarim,
E o espetáculo,
Eu sou.

Tu te queixas das tuas cicatrizes...
...sou quem te deixa ficar a sós,
Quando te encontras contigo.
Sou o cão farejador que te procuro e acho
Ao te perderes de ti.
Não te inquietes: ficarás sob a minha guarda.
Levo comigo o bornal, a ração e o cantil,.
Nas tuas andanças,
Eu sou.

Tú te queixas das tuas cicatrizes...
... sou os cercados, o limite e o laço,
Nas tuas fugas emocionais.
E sou os barrancos para tuas fadigas.
E, nas raízes que te afloram destes barrancos
Eu te sustento...
Das raízes ao caule e aos galhos e às folhas.
Das folhas as flores de minha árvore,
Circula em mim a seiva que cicatriza
E cura as tuas feridas.
Vem, bebe de mim, da seiva
Que cicatrizo
E curo as tuas feridas.

Bis no final
Tú te queixas das tuas cicatrizes...
... sou tua escada.
Vem, galga pelos meus degraus,
Degrau após degrau
Até o findo...
Então, quem sabe?
Compreenderás sobre as tuas cicatrizes...
... as marcas das tuas feridas
Que eu sou.
ChicoDoCrato e A. Piaí
Enviado por ChicoDoCrato em 01/07/2019
Reeditado em 01/07/2019
Código do texto: T6686198
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ChicoDoCrato
Salvador - Bahia - Brasil, 64 anos
972 textos (22272 leituras)
978 áudios (20583 audições)
44 e-livros (2423 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 16:27)
ChicoDoCrato
Rádio Poética