Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
A Sua Eterna - da poetisa Mestra Luamor
Publicado por: Judd Marrriott Mendes
Data: 28/06/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
LUAMOR


VISITE A AUTORA NO RECANTO, OBRG!
https://www.recantodasletras.com.br/poesias-goticas/6683870

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Texto


    Luamor


Uma honra receber esta interação do mestre Miguel que ficou um show, obrigada  e meu carinho!!
 
SOB O AROMA FUNESTO DOS SEPULCROS

Sob o aroma funesto dos sepulcros
Muitas flores exalando o odor mortal
Entre as rosas muitas orquídeas ainda viçam
E as margaridas se contraem desnutridas
Nossas almas se encontram sente o amor
Num ambiente onde muitos se encerram
Mas certamente chegaremos ao coito
E quem nos dera uma nova vida aqui comece
Vemos nos túmulos epitáfios irreverentes
Que nos inspiram nomes para o nosso herdeiro
Que por ventura hoje nos seja concedido
Em um orgasmo simultânea e intenso
Com os gemidos que nos dão veracidade
Sem uma cama neste ambiente exótico
Nos amaremos sobre a relva do gramado
E este coito constará das nossas memórias
E vez por outras voltaremos a celebrarmos
Esta ousadia que a muitos incomodam
Mas para nós este desejo é pacificado
Que os defuntos nos assistem em nosso gozo
E o nosso amor seja de fato consagrado.

Miguel Jacó

 
Luamor
Enviado por Luamor em 28/06/2019
Reeditado em 30/06/2019
Código do texto: T6683870
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Judd Marrriott Mendes
São Paulo - São Paulo - Brasil
5336 textos (249728 leituras)
1161 áudios (96345 audições)
230 e-livros (35040 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/20 04:17)
Judd Marrriott Mendes

Site do Escritor
Rádio Poética