Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Áudio
ChicoDoCrato-FabíolaSimões-EstarCertoOuSerGentil
Publicado por: ChicoDoCrato
Data: 10/02/2019
Classificação de conteúdo: seguro
Créditos:
ChicoDoCrato-FabíolaSimões-EstarCertoOuSerGentil
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/
ChicoDoCrato- Música, Voz, Violão, arranjo, mixagem e adaptação do texto de Fabíola Simões
Audacity 000 Rítmo 057 +50 em Lá- . Gravação Caseira-A Gravar em Estudio
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição,
criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Texto

ChicoDoCrato-FabíolaSimões-EstarCertoOuSerGentil

ChicoDoCrato-FabíolaSimões-EstarCertoOuSerGentil
https://www.recantodasletras.com.br/audios/cancoes/82196
ChicoDoCrato- Música, Voz, Violão, arranjo, mixagem e adaptação do texto de Fabíola Simões
Audacity 000 Rítmo 057 +50 em  Lá- . Gravação Caseira-A Gravar em Estudio
Copyright: proibir a cópia, reprodução, distribuição, exibição,
criação de obras derivadas e uso comercial sem a sua prévia permissão

De repente todo mundo virou “pai e mãe” de um partido, de uma religião, de um grupo social.
De uma hora para outra, vestimos a camisa de um político, de uma ideologia,
e nos comportamos como defensores leais e fiéis de uma ordem.

Divulgamos vídeos editados, muitas vezes repletos de informações falsas,
perdemos horas à frente do celular vasculhando documentos que comprovem nossa teoria,
nos impacientamos e até brigamos com quem ousa pensar diferente de nós.
Amigos, colegas de trabalho, familiares e até cônjuges se separam em nome do tal “amor à causa”.


Temos vivido tempos de discussões acaloradas nas redes sociais, nos grupos de whatsapp e até em mesas de bar por causa de divergências políticas, sociais e religiosas.
Na maioria das vezes, opto pelo silêncio e tenho preferência por outros assuntos, mais leves, mais bem-humorados ou que acrescentem algo bom à minha vida.
-É impressionante notar como as pessoas perdem a compostura ao defender seu ponto de vista, nem sempre perfeito e verdadeiro, mas fruto de sua formação e vivência até o momento.
-É impressionante perceber que as pessoas não entendem que aquilo que é melhor para elas nem sempre será bom para o outro, e por isso não precisam tentar vender aquilo que escolheram para si, porque quiseram.
-É impressionante ver como as pessoas deturpam os reais ensinamentos do amor, preferindo discutir, muitas vezes ofendendo, ou mesmo segregando, em nome de uma “missão de cura” de alguém.

Ao escolher ser gentil, você deixa a rigidez de lado e adquire leveza de pensamento e ação.
-Você dá passagem para o carro que força caminho ao seu lado, cede lugar no ônibus para a adolescente impaciente, se segura para não fazer um discurso irritado com o vizinho abusado.
-Você chega em casa e não quer ganhar a disputa de quem teve o dia mais exaustivo ou estressante, mas entende que o mais importante é estar bem com aqueles que ama.
-Você descobre que não precisa dar lição de moral em ninguém, que não lhe cabe fazer justiça ou provar a todo custo suas certezas, que não precisa divulgar aos quatro ventos suas decisões políticas, religiosas ou sociais. Ao contrário, entende que, mais importante que estar certo, é conseguir preservar seus afetos e suas relações.
-Você começa a falar e agir com suavidade, tomando cuidado com a bagagem e o coração do outro.
-Você aprende que a gentileza não é afeita a grandes gestos, mas resultado de delicadezas miúdas, muitas vezes despercebidas, que jamais serão esquecidas.

Bis
Muitas vezes, aqueles que não participam das discussões e preferem se calar ou mudar de assunto são considerados “em cima do muro”, omissos e sem opinião.
Porém, estar calado ou preferir se abster de dar seu parecer não é sinônimo de falta de personalidade ou convicção.
Algumas pessoas preferem guardar sua energia para coisas mais importantes.
Ou se resguardam de desgastes desnecessários.
Ou, ainda, não acreditam que “vencer” uma argumentação as tornará pessoas melhores.
E, finalmente, preferem ser gentis a estarem com a razão.


ChicoDoCrato e Fabíola Simões
Enviado por ChicoDoCrato em 10/02/2019
Reeditado em 10/02/2019
Código do texto: T6571268
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ChicoDoCrato
Salvador - Bahia - Brasil, 63 anos
900 textos (18248 leituras)
905 áudios (17658 audições)
43 e-livros (1385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/19 09:28)
ChicoDoCrato
Rádio Poética