Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma certa ADVERTÊNCIA

ADVERTÊNCIA

“... e a chuva destroçou tudo.” Falou Lucile, terminando sua emocionante estória. Lucy tinha cinco anos e já freqüentava o pré-primário para crianças especiais. Adorava contar casos para sua mãe em longas conversas diárias. Dona Armanda era neurocirurgiã e vivia em plantões, mas sempre arrumava um tempo para ouvir sua menina prosear.
“Não sei se minha filha vai ser cantora, política ou psicóloga. Mas que ela tem o poder de te encantar isso sei que tem.” Disse sua mãe uma vez a um artista que se preparava para uma cirurgia. Ele tinha sofrido acidente de carro e perdido os movimentos da boca com a forte lesão, mas quase sem chances de reverso.
“Um dia talvez eu possa te apresentar Lucy, e você ao ouvir suas fantásticas estórias pode escrever pra ela, pois ela nasceu sem as mãozinhas.” Completou a doutora.

Uma criança que já nasce sem poder saber usar as mãos.
Um cantor que foi calado por sua falta de prudência. “Se beber não dirija”.
E agora? O que eu faço com você?

Não existe injustiça e sim pessoas injustas.
Essa garotinha não sofreu injustiça divina. Em sua gestação, sua mãe ao divorciar do marido, abusou de drogas como forma de aliviar a tensão. Hoje ela tenta corrigir seu erro.
O rapaz sempre soube que dirigir alcoolizado é um ato irresponsável.
E agora, o que eu faço com você?

Não existe fim e sim pessoas que não querem recomeçar.
(Lei da reencarnação)
Gabriella Gilmore
Enviado por Gabriella Gilmore em 20/10/2008
Código do texto: T1238386

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Gabriella Gilmore
Governador Valadares - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
448 textos (55390 leituras)
16 áudios (1274 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 17:23)
Gabriella Gilmore