Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUAL A RAZÃO DE DIZER QUE GOSTEI DA ATITUDE DA SUECA GRETA THUNBERG



          A trajetória e luta da jovem estudante sueca Greta Thunberg me chamou a atenção. E, tenho razões para isso de sobra.
Primeiramente é salutar ver jovens se interessando pelas coisas de nosso planeta: Demografia, geografia, politica, sociedade, meio ambiente etc...Nossas gerações mais antigas estão partindo e o mundo precisará ser administrado e cuidado por estes jovens em pouco tempo ...O Tempo agora é deles, eles vão ficar aqui e sabem que os velhos e até atuais governantes em sua maioria se preocuparam com guerras, armas, concentração de riquezas, manterem-se durante décadas em cargos eletivos ou outros cargo público importante, no entanto em sua grande maioria não fizeram muitas coisas boas, não cuidaram direitos de seus países e grande parte da população do planeta vive e sofre graves problemas ambientais, sociais, econômicos, concentração de riquezas em mãos de uma absoluta minoria e outros problemas que não foram cuidados, administrados e resolvidos adequadamente., Assim acredito que a Greta e milhões de jovens preocupados com o futuro e presente da Terra, estão cobertos de razão.
          Fiquei impressionado, pois ao parabeniza-la e reconhecer a sua luta exemplar em redes sociais, fui atacado, criticado de forma violenta por algumas pessoas, uma situação absurda, principalmente quando são mais jovens que agem assim. Claro que repudiei abertamente estas manifestações e ataques grosseiros contra a minha pessoa. De pronto.
Ocorro que ao contrário da Greta de dezesseis anos, que vem tendo solidariedade e respeito dos governantes e de outros jovens e do povo sueco, e até de autoridades de outros países. Aos 14 anos iniciei a militar e participar de assuntos, lutas e atividades de luta política e social no Brasil, porém logo percebi o risco que corria, pois vivíamos em uma Ditadura, onde se manifestar era considerado pelo governo do Brasil Subversão e não existiam nem partidos políticos formais, acabei tornando-me durante algum tempo militante clandestino e participei de Movimentos Estudantis fui da U.B.E.S, participei do Conselho Universitário mais tarde representando os Estudantes da U.F.M.S, ajudei a organizar Sindicatos e Associações comunitárias e cabei encabeçando algumas lutas populares., As consequências foram muitas perseguição, perda de minha carreira de servidor federal, de militar da Marinha e até outras sanções como dirigente sindical na R.F.F.S.A. no período de transição da Ditadura para Democracia formal. Alguns amigos não tiveram sorte e acabaram perdendo a vida ou ficaram com gravíssimos problemas psicológicos e de saúde física. Fato negado por péssimos políticos e governantes.
                Por esta  e outras razões justas,  fico muito feliz ao ver jovens de nosso país e mesmo de outros povos se engajarem em lutas de interesses coletivo, pessoas que nasceram com o Dom de lutar não só pelo seu interesse pessoal, mas do Bem-estar da comunidade, do país e até do Planeta como a jovem Greta da Suécia. E assistimos ataques e críticas ridículas a esta jovem que muito cedo enfrenta as Agressões injustas e covardes. PARABÉNS GRETA POR SUA LUTA
               Não se intimide com agressões insanas e covardes.
Manoel Vitorio
Enviado por Manoel Vitorio em 29/09/2019
Código do texto: T6757026
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
Manoel Vitorio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 63 anos
6145 textos (214012 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/12/19 13:36)
Manoel Vitorio