Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOCÊ reconhece a individualidade do aluno na escola? Reconhece?

Nos últimos tempos a escola tem recebido a cada dia novas atribuições diferentes daquelas de seu surgimento, ou seja, o ensinar a ler e escrever tidos como “educação” já não bastam. Isto exige do educador maior atualização, acompanhamento das mudanças e valores que fazem parte da vida do educando e que sabemos, mudam a cada nova geração, ou seja, conforme a individualidade.

A dificuldade maior surge quando se trata de adolescentes em sala de aula, pois devido às inúmeras dificuldades inerentes a esta fase da vida, trabalhar a individualidade torna-se mais difícil, apesar de necessário.

A escola e a individualidade!

O fato da escola atual não aceitar profissionais que só ensinam as inúmeras disciplinas ou mesmo os temas cobrados em provas, serve de alerta aos educadores que ainda não perceberam a necessidade de mudança, em seu principal aspecto: é necessário mudar para acompanhar as exigências dos tempos atuais. Mudar para trazer ou fazer ver novas realidades, para ser capaz de perceber as diferenças entre cada aluno e com isto, ensinar considerando e respeitando essa individualidade.

Este é um fator muito importante, pois mesmo que o professor detenha o conhecimento, é necessário saber transmitir este conhecimento, considerando que cada aluno é um universo, um mundo à parte que exige diferentes formas ou técnicas de aprendizado.

O professor necessita conhecer a individualidade de cada aluno!

O professor necessita conhecer cada aluno e com isto saber a melhor maneira de ensinar, sempre levando em conta as individualidades existentes, pois aquele conhecimento que é facilmente retido por um, pode ser de difícil aprendizado para o outro. O que não significa que este é mais inteligente ou mais capaz do que aquele.

Uma maneira de conduzi-los a perceberem as particularidades existentes é sempre lembrá-los de que todos somos diferentes, fator enriquecedor, pois as diferenças, em sua grande maioria, são saudáveis, interessantes e capazes de despertar a curiosidade, conduzindo ao e no “conhecimento do outro”. O fato de se conhecerem, gera confiança, amizade e os conduz ao pertencimento, fase de inúmeras descobertas e sabemos, vivida por todo adolescente.

A individualidade faz lembrar que as diferenças e as particularidades, precisam, devem e requerem uma discussão com os adolescentes, no sentido de leva-los a perceber que são pontos saudáveis e não formas de separar ou discriminar nenhum deles.

 

Sônia Araújo – Ms. Em Educação

O respeitar faz bem!

 
Sôniainformação
Enviado por Sôniainformação em 18/12/2018
Código do texto: T6530016
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sôniainformação
Palmas - Tocantins - Brasil
131 textos (5301 leituras)
1 e-livros (3 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/19 15:58)
Sôniainformação