Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEDICINA, CURA E ESPIRITUALIDADE

MEDICINA, CURA E ESPIRITUALIDADE
Autor: Antoni BigCuore*
Data: 10.11.2014
Hora: 11,40 horas, 2ª feira, SP.sp.
-------------------------------------------------------------------------------

A  revista Saúde, da Editora Abril Cultural, em seu número 371, de dezembro de 2.013, traz uma matéria de capital importância para a medicina e público em geral, cujo título é: “O REMÉDIO ESTÁ NA FÉ”.
Diz a certa altura que “A Medicina e a espiritualidade foram separadas no século passado, mas, nos últimos anos, a própria ciência está tratando de reuni-las”, contextualiza o psicólogo Esdras Vasconcellos, professor da Universidade de São Paulo.

Há evidências de que pessoas espiritualizadas são mais LONGEVAS, têm menos distúrbios psicológicos, sofrem menos infecções e...estão menos sujeitas a ataques cardíacos. Motivo suficiente para a Sociedade Brasileira de Cardiologia criar seu Grupo de Estudos em Espiritualidade e Medicina Cardiovascular (Gemca). “Já não temos dúvidas de que a fé contribui para a saúde. Queremos entender melhor agora até onde vão seus efeitos e de que forma ela os propicia”, diz o cardiologista Mário Borba, diretor científico do projeto.”

“Ser espiritualizado não significa necessariamente seguir uma religião. É antes de mais nada, acreditar em alguma coisa intangível e que pode até estar dentro de você ---- como ESPERANÇA de que, fazendo o bem a gente é naturalmente recompensado”.
“Nessa perspectiva uma novíssima revisão de trabalhos científicos joga luz sobre o impacto de ter uma crença ou adotar hábitos religiosos sobre o sistema cardiovascular.

“Com base em mais de 3.200 estudos, o cardiologista FERNANDO LUCHESE, da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, e o professor de psiquiatria e ciências comportamentais HAROLD KOENIG, da UNIVERSIDADE DE DUKE, nos Estados Unidos, analisaram o assunto sob a ótica dos fatores de risco e de mecanismos fisiológicos envolvidos no infarto.

“Há uma relação direta entre espiritualidade e melhores índices de atividade física, alimentação equilibrada, tabagismo e consumo de bebidas alcólicas”, conta Luchese. Uma vida espiritualizada parece servir como um propulsor de bons hábitos. Segundo o artigo, pessoas religiosas ou que procuram autoconhecimento e força em algo maior estão menos expostas a praticamente todas as condições que ameaçam o peito, como colesterol alto, hipertensão e sedentarismo.

“Os indivíduos que buscam o transcendente também estão mais protegidos diante do estresse e da depressão, importantes fatores de risco cardíaco, reforça o cardiologista Ney Carter do Carmo Borges, da Universidade Estadual de Campinas, no interior paulista.”
“Da lista negra contemplada pela revista, só houve uma exceção: a obsidade. Mas por que diabos pessoas de fé tendem a engordar? “Diversas religiões estimulam o convívio social em torno de banquetes calóricos e vêem a gula de modo mais condescendente”, especula KOENIG, considerado um dos papas em matéria de medicina e espiritualidade. Ora a fé é uma das peças que compõem uma rotina saudável ---- mas não adianta rezar toda noite e viver entregue ao sofá e à comilança. Esses são pecados que o coração não perdoa”.
Diz a reportagem mais adiante, página 26: “Na revisão assinada por Lucchese e Koenig, os experts discutem os principais efeitos fisiológicos da fé sobre as artérias. “A espiritualidade atua na interação entre os sistemas nervoso, endócrino e imunológico. Ela está associada, por exemplo, a níveis mais baixos de substâncias inflamatórias, envolvidas no processo que leva ao infarto”, esclarece Luchese. Funciona como uma reação em cadeia: devidamente equilibrado, o cérebro diminuiria a emissão de sinais por meio de hormônios que, em última instância, resultam em vasos contraídos e inflamados.”
                         ____________________________

REFLEXÃO DE A. BIGCUORE: não sou médico, mas gosto de estudar, como autodidata, a medicina em sintonia com a espiritualidade. Tanto que criei a minha tese que chamo de EQUILÍBRIO HOMEOSTÁTICO DA PERSONALIDADE, artigo publicado no Recanto das Letras e em meu BLOG BEM VIVER. (vide endereço no rodapé).

Baseado no princípio milenar da medicina chinesa que considera o ser humano de maneira INTEGRAL, qual seja, ESPÍRITO, MENTE E CORPO. Não se pode dissociar um do outro.
Em síntese, digo em minha tese que se o ser humano conseguir HARMONIZAR EM SI MESMO, os fatores espiritual, físico e emocional, ele consegue o verdadeiro EQUILÍBRIO que conduz à verdadeira felicidade!.

A minha tese em síntese é: AUTOCONHECIMENTO, ESPIRITUALIDADE E VIDA SAUDÁVEL. Julgo a espiritualidade o fator mais importante, pois ela se baseia na Fé; e a fé, o Dr.KOENIG, da Universidade de Duke já provou que, melhora o sistema imunológico, cardiovascular etc;, acionando a glândula PINEAL, a qual libera os chamados hormônios positivos: ENDORFINAS, SEROTONINA, DOPAMINA etc., os quais promovem o equilíbrio e bem estar no organismo humano.

Convém discernir os sentidos das palavras Espiritualidade e Religiosidade. A espiritualidade mede a relação do “eu” com o Transcendente, qual seja, ela é movida pela ESPERANÇA de que existe “Algo Superior” a ela. A pessoa pode ORAR diariamente, sem ser necessariamente religioso. Espiritualidade é viver no espírito e pelo espírito.

Ao passo que RELIGIOSIDADE pressupõe você seguir uma Religião específica, o que implica necessariamente em seguir a DOUTRINA que ela prega a seus adeptos. Exemplo: Religião Cristã; Religião Budista; Religião Islâmica, Judaica etc.

Cá entre nós, de tudo que relatei acima sobre a reportagem da Revista Saúde, não é novidade na Bíblia. JESUS CRISTO, o Mestre de todos os Mestres, já no Evangelho de Marcos, faz várias curas pelo poder de sua Fé e da fé que as pessoas tinham Nele.
Senão vejamos alguns exemplos. Evangelho de Marcos capítulo 1, 34: “E ele (Jesus) CUROU muitos doentes de diversas enfermidades e expulsou muitos demônios.” ( 1 )

A cura de um paralítico. “Capítulo 2, 3: “Vieram trazer-lhe um paralítico, transportado por quatro homens. 4Como não pudessem aproximar-se por causa da multidão, abriram o teto à altura do lugar onde ele se encontrava e, vendo sua fé, disse ao paralítico: “FILHO, OS TEUS PECADOS ESTÃO PERDOADOS”.(2).

Agora depois de muitos e muitos anos, a ciência médica resolveu levar a sério a Religiosidade e Espiritualidade. Eu, particularmente, pratico a Religiosidade e Espiritualidade, há mais de 50 anos e posso afirmar, sem medo de errar, que ela só traz benefícios, tanto à saúde física, como emocional e espiritual. Vale a pena perseverar nos bens espirituais. A Bíblia é o livro mais espetacular que Deus criou e inspirou os seus profetas para escrevê-la fielmente!.
Segue abaixo o referido artigo que escrevi no Portal RECANTO DAS LETRAS, em 25 de Fevereiro de 2.007 e alterado em 11 de Junho de 2.013. Qualquer semelhança é mera coincidência!.
-------------------------------------------------------------------------------
Fonte: (1 e 2) – Bíblia de Jerusalém, pg.1.899, Paulus Editora, S.P.,S.P.
Revista Saúde, Abril Cultural, número 371, de Dezembro de 2.013.
--------------------------------------------------------------------------------

    EQUILÍBRIO HOMEOSTÁTICO DA PERSONALIDADE - 2

Autor: Antoni BigCuore Casagrande*
Data: 25.02.2007, (alterado em 11/06/2013)
Hora: 10,07 horas, domingo,SP.,sp.
-------------------------------------------------------------------------------
A palavra homeostático vem de homeóstase, palavra grega significando, “homeo” similar, igual e “stasis”, estático). Esse estudo foi feito pelo cientista, Dr. Walter B. Cannon, baseado em idéias prévias de Claude Bernard (1.872). Termo da biologia que significa o equilíbrio orgânico de todo e quaisquer seres vivos.

Eu escrevia meu livro A Saúde da Alma e do Corpo, e quando pesquisava sobre  estresse, assomou-me à mente  essa inspiração da minha tese que chamo de  EQUILÍBRIO HOMEOSTÁTICO DA PERSONALIDADE e nem sabia que já existia estudo da homeostase na área da biologia. Diz Claude Bernard que:

“A independência do organismo com relação ao seu ambiente externo deriva do fato de que, nos seres vivos, os tecidos são, de fato, removidos das influências externas diretas, e são protegidos por um verdadeiro ambiente interno, que é constituído, particularmente, pelos fluídos que circulam no corpo.” ( 1 )

Dr.Walter B.Cannon propôs o termo homeostase  “como sendo um processo através do qual um organismo mantém as condições internas constantes necessárias para a vida. Tanto em Bernard como para Cannon a estabilidade é a chave”. ( 2 )
Em um artigo assinado por Mariana Martinez, do Portal InfoEscola(WWW.infoescola.com), temos o conceito sob o ponto de vista da biolofisiologismo.

“No corpo humano existem várias células que constituem sistemas e órgãos. As células em maiores quantidades no organismo correspondem às hemácias ou glóbulos vermelhos que estão localizadas no sangue, tendo como principal função o transporte de oxigênio dos pulmões aos tecidos. Todas as células presentes em um indivíduo precisam de condições estáveis para manter suas atividades normais e contribuir para a saúde do corpo.”

 ”Denomina-se homeostase o controle das condições estáveis no meio interno. Através dela fatores como a manutenção das concentrações normais dos elementos sanguíneos, temperatura, pH, balanço hídrico, pressão arterial e outras substâncias são a todo instante equilibradas no organismo.”

A minha tese parte desses princípios da biologia, porém,  os adapta à personalidade humana vista como um TODO.  E o componente principal é a ESPIRITUALIDADE, tendo em vista que o ser humano vive dentro de uma visão tridimensional  chamada: ESPÍRITO, MENTE E CORPO.

O estresse, por exemplo, é a quebra da homeostase do organismo humano. Ele se desequilibra quando isto ocorre, pois altera todo o equilíbrio na química cerebral humana, quais sejam, a dos hormônios neurotransmissores que afetam o equilíbrio físico, emocional e até espiritual.

Daí, resolvi aprofundar o tema. Na minha modesta concepção o equilíbrio homeostático da personalidade, significa a HARMONIZAÇÃO DOS FATORES ESPIRITUAL, FÍSICO E EMOCIONAL, redundando no equilíbrio da personalidade, na felicidade, enfim.

Entendo que o ser humano deve ser visto e analisado de maneira global. Não se pode dissociar um fator do outro. Todos devem agir sinergicamente para pode se atingir o equilíbrio.

Todo ser humano, consciente ou inconscientemente busca este equilíbrio, pois ele representa, no meu ponto de vista, a felicidade humana, o supremo bem estar!

Dos três fatores, o mais importante, reputo, é o espiritual-religioso. Os demais vêm num segundo plano. A relação homem e Deus, esta relação vertical, é muito importante para dar equilíbrio às ações humanas.
O ser humano nasceu para ser feliz, para amar verdadeiramente tudo o que Deus criou. Mas o orgulho atrapalha tudo. O “lado maligno” do ser humano, é que sempre joga “farofa no ventilador” de sua existência.

A soberba, a cobiça, a luxúria, a inveja, eis os grandes vilões da felicidade humana. O coração quando não é convertido para Deus, ele se ilude com uma “fantasia” criada, sobretudo pela mídia, que para ele “vende”, a idéia de felicidade plena, visando a consumir coisas, bens materiais e toda parafernália eletrônica, como sendo meios de  usufruir do elixir da longa vida e da auto estima. Não sou contra os bens materiais. Entendo, apenas, que não nascemos para ser escravos deles!.
 
O fator físico engloba tanto a parte de exercícios físicos como, principalmente, a alimentação ( ingerir os chamados alimentos funcionais, ricos em aminoácidos essenciais, cereais integrais, derivados do leite, frutas verduras, legumes etc.) como um grande fator de prevenção,  cura de doenças e, principalmente, na formação de bons pensamentos e boas emoções. Pois está provado, que os pensamentos geram emoções e sentimentos.

  O fator  emocional é o grande problema do ser humano. É o mais difícil de ser controlado. Como gerenciar as emoções e sentimentos, sobretudo, os negativos, tais como, raiva, ódio, ciúme excessivo, inveja, tristeza, angústia, depressão, falta de perdão etc., para que elas (emoções ) não influenciem negativamente a nossa saúde?. A minha sugestão está sugerida acima.

Em síntese, para se chegar ao topo do equilíbrio homeostático da personalidade, existe um longo caminho a ser percorrido. Mas não é impossível, jamais!. É uma questão de educar a vontade de exercitar diariamente este equilíbrio. Requer principalmente uma coisa: DETERMINAÇÃO! Sem ela não se chega a nenhum porto seguro.
 
Amigos e amigas, eu sugiro que vocês leiam o meu artigo que está no "site":  (http://recantodasletras.com.br/autores/antonibigcuore), cujo título é: CAMINHOS PARA A SAÚDE INTEGRAL. Nela vocês encontrarão mais subsídios ao entendimento da  tese do Equilíbrio Homeostático da Personalidade.
-------------------------------------------------------------------------------
(*) Antoni BigCuore Casagrande. É Escritor e Comunicador do Evangelho de Jesus Cristo para todo o Planeta.  Conheça seu livro, A Saúde da Alma e do Corpo. Conheça seus textos acessando seu  BLOG BEM VIVER – http://antonibigcuore.blogspot.com (autoconhecimento, espiritualidade e vida saudável) e seu link poético e filosófico:

WWW.recantodasletras.com.br/autores/antonibigcuore
(1)–Fonte Blog marcovalerio.blogspot.com, 2) idem,  -  3) História de Psiquiatria,  Franz G. Alexander e Sheldon T. Selesnick – Editora IBRASA, edição de 1.980, pgs. 351 a 355, e Portal Infoescola.com – Mariana Martinez.
-------------------------------------------------------------------------------



ANTONI BIGCUORE e THAIS MANARINI/ THEO RUPRECHT
Enviado por ANTONI BIGCUORE em 10/11/2014
Reeditado em 10/11/2014
Código do texto: T5029924
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre o autor
ANTONI BIGCUORE
São Paulo - São Paulo - Brasil, 72 anos
2497 textos (957064 leituras)
87 áudios (67924 audições)
1 e-livros (165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/12/19 20:13)
ANTONI BIGCUORE