Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um dado curioso e confortante é que no livro de Jó a palavra esperança é a que mais aparece. Jó é um exemplo de confiança em Deus. Como foi possível um homem ter esperança depois de tantas perdas e sofrimento? A resposta é Cristo. A esperança de Jó foi o seu consolo em meio à solidão e sofrimento, ele teve fé que Deus poderia mudar o estado atual dele. “Onde estaria, então, agora, a minha esperança? Sim, a minha esperança, quem a pode ver - Jó 17:15”.
Como ter esperança em dias de dor e angústia? Um dos significados da palavra Esperança no Dicionário Aurélio, diz: “Confiança de que algo bom acontecerá: esperança de se curar”.  Ei, não se acanhe em sentir, tudo tem seu tempo - até mesmo para as coisas que não nos traz dias bons - “Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu - Ec 3:1”. Tentamos ocultar nossos ferimentos com o intuito de amenizar a nossa dor, mas enquanto deixarmos a ferida aberta e colocar um pano em cima para que não fique exposta, o ferimento não irá cicatrizar. É necessário mexer, cuidar e limpar, só assim sairá tudo o que causa dor e sofrimento lá de dentro. Toda dor tem seu tempo – assim como Salomão nos disse que para tudo há um tempo – mas como todas as coisas da nossa vida tudo tem seu tempo de permanência/duração. E, devemos entender que chega um momento que é hora dessa dor partir e dar espaço para coisas boas e dias de alegria adentrar na nossa vida. Confiar e deixar que Cristo cuide de nós, é o maior passo para evitar o sofrimento e enxergar dias bons.
 
E qual é a receita? A Esperança. E o que é a esperança? Cristo é a esperança. Jesus nos ensinou que em tudo há um propósito, mesmo que nesse propósito haja períodos de dor. A dor é subjetiva, enquanto alguns sentem dor com um corte no dedo causado por uma folha de papel, outros se ferem gravemente, mas só sentem dor quando veem a expressão triste no rosto de alguém. Situações diferentes diminuem a gravidade de uma dor? Não. O que diferencia uma dor da outra é a forma que você trata e a encara.
“Alegrem-se na esperança, sejam pacientes na tribulação, perseverem na oração - Rm12:12.”
Jó não compreendia algumas situações que ele estava passando, assim como nós também não entendemos muitas coisas que aparecem para confrontar o nosso coração. Mas a fidelidade em Deus, nos mostra um caminho que alivia o nosso próprio eu cansado e aflito, e a oração nos leva a um patamar de intimidade e consolo em Deus. Caro (a) Leitor (a), não guarde sua dor para si, compartilhe com Deus o que você está sentindo, clame a Ele. Se você se sentir confortável, compartilhe com um amigo verdadeiro e que você confia.
 
E deixo um trecho da música Esperança - Os Arrais:
“No desapontamento a esperança nasce
E vivo o presente
Independentemente,
Do que passou ..”
Abra a Porta e Bianca Macário
Enviado por Abra a Porta em 08/07/2020
Reeditado em 08/07/2020
Código do texto: T6999904
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Abra a Porta
Curitiba - Paraná - Brasil, 28 anos
24 textos (4428 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/08/20 02:42)
Abra a Porta