Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Solenidade do Nascimento de São João Batista (Lc 1,57-66.80)(24/06/20)
.
Caríssimos, pelo fato de sermos limitados tendemos a querer limitar tudo até mesmo as ações de Deus em nossa vida. Ora, isso também aconteceu quando o anjo do Senhor anunciou o nascimento de João Batista, pois, Zacarias e sua esposa Isabel eram avançados em idade e naturalmente impossibilitados de terem filhos. 
.
No entanto, para sanar as dúvidas de Zacarias, Deus lhe deu a mudez como sinal de que o nascimento desse filho era sua vontade, uma vez que ele seria o Precursor do Messias, o esperado de todas as nações; por isso, como disse o anjo, o menino se chamaria João, ou seja, dom gratuito de Deus para o seu povo, porque o Senhor lhe era favorável.
.
O santo Padre, o Papa Francisco, comentando essa Solenidade, disse: "Todo o acontecimento do nascimento de João Batista está circundado por um jubiloso sentido de admiração, de surpresa e de gratidão. Admiração, surpresa, gratidão. As pessoas são tomadas por um santo temor de Deus «e por toda a região montanhosa da Judeia se comentavam esses fatos» (v. 65). 
 
Irmãos e irmãs, o povo fiel intuiu que aconteceu algo grandioso, mesmo se humilde e escondido, e pergunta-se: «O que virá a ser este menino?» (v. 66). O povo fiel de Deus é capaz de viver a fé com alegria, com sentido de admiração, de surpresa e de gratidão. Olhemos para aquela gente que falava bem acerca deste evento maravilhoso, deste milagre do nascimento de João, e fazia-o com alegria, estava feliz, com sentido de admiração, surpresa e gratidão."
.
Paz e Bem!
.
Frei Fernando Maria OFMConv.
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 24/06/2020
Código do texto: T6986780
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Frei Fernando Maria
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 60 anos
1868 textos (320436 leituras)
87 áudios (20289 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/20 15:19)
Frei Fernando Maria

Site do Escritor