Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O bom andarilho

Padre Geovane Saraiva*
Nossa sensibilidade e circuncisão de coração, ouvidos e mente, a partir de Jesus de Nazaré, nosso bom caminheiro e andarilho, é a de que o reconheçamos, agradecidos, como companheiro e amigo em nosso sonho, arrancada ou peregrinação, na busca de justiça e verdadeira paz. No desânimo, na acídia ou mesmo no abatimento, em nossos desertos da vida, temos a mão afável e solidária do bom irmão e companheiro de caminhada, o filho do operário-carpinteiro de Nazaré e de Maria.
Jesus de Nazaré, que nos foi dado por Deus Pai, sendo a nossa paz (cf. Mq 5, 5), quer que nós, seguidores e companheiros, sejamos desafiados a testemunhá-lo, com sua viva presença na Igreja e no mundo atual, nos estigmas de dores e sofrimentos. Ele mesmo nos assegura o segredo da vida, dizendo-nos que chegou a hora de iniciarmos seu projeto de salvação, pondo-nos a caminho da felicidade eterna, como no seu próprio exemplo oferecido, indistintamente, de amor e compaixão para com todos.
Os discípulos, na experiência da ceia eucarística, embora não soubessem ainda que era Jesus de Nazaré que tinha caminhado com eles, sentem a necessidade de sua presença amiga e de sua companhia. Daí prevalece a afetuosa e sólida expressão, que deve ser também nossa: "Fica conosco, Senhor!". "O Senhor ficar conosco" quer dizer que temos de acolher sua esperança proclamada naquele duelo triunfante, estando muito acima e indo além da esperança terrena. Evidentemente, ela será abundante e terá sua plenitude e esplendor na glória de Deus, nos tempos infinitos.
A presença do Senhor ressuscitado, o bom andarilho, transforma o desânimo daqueles dois discípulos de Emaús no alegre entusiasmo, na contumácia restaurada e na comunhão com o próprio Cristo Senhor, na mesma comunhão, da qual, nesta assoladora pandemia, somos privados temporariamente; o que nos alimenta é a resoluta e tenaz esperança em Deus, que muito em breve o teremos na presença do pão partilhado. Assim seja!
*Pároco de Santo Afonso, Blogueiro, Escritor e integra a Academia Metropolitana de Letras de Fortaleza (AMLEF).
Geovane Saraiva
Enviado por Geovane Saraiva em 29/04/2020
Código do texto: T6932604
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Geovane Saraiva
Fortaleza - Ceará - Brasil, 63 anos
493 textos (16584 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/08/20 23:45)
Geovane Saraiva