Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUARESMA


Quaresma é um tempo litúrgico-existencial vivenciado pelo discípulo de Cristo, a fim de participar do Tríduo Pascal de maneira renovada e receber os frutos da morte e ressurreição do Senhor. Na Igreja antiga, bem como na caminhada do catecumenato, é um tempo forte de preparação para a iniciação cristã que se dará no Tempo pascal. Esse termo remete ao número quarenta, quarenta dias/anos, que na linguagem bíblica engloba a realidade do mundo humano, configurando-se como tempo suficiente de conversão. E, para nós -cristãos, constitui-se um tempo privilegiado para se voltar para Deus e Sua misericórdia, manifestada a nós através do Verbo encarnado e glorificado.
Na Igreja antiga e no pós-Vaticano II, com o caminho de iniciação cristã de adultos, chamado Catecumenato, as pessoas que estão sendo acompanhadas pela comunidade eclesial para receber os sacramentos da Iniciação – Batismo, Crisma e Eucaristia – na vigília Pascal, encontram nos quarenta dias que antecedem a Páscoa, um tempo forte de iluminação pela Palavra do Evangelho de São João, num caminho mistagógico de penitência e purificação para decidir-se determinantemente por Cristo e Sua Igreja, renunciando ao demônio e ao pecado.
O número quarenta, na sagrada escritura, sendo múltiplo de quatro, que significa os quatro pontos cardeais e a totalidade do mundo criado, significa a perfeição de uma etapa cronológica da história do povo de Deus ou da existência pessoal que se abre à graça de Deus que assume esse tempo humano, tornando-o “Kairós” – tempo de Deus e Sua misericórdia. Assim o povo de Deus peregrinou quarenta anos no deserto antes de ingressar na terra da promissão e Jesus passou quarenta dias no deserto onde venceu as tentações satânicas, antes de iniciar seu ministério público de anúncio da conversão e do Reino de Deus, que já é Ele mesmo (cf. Orígenes).
Para os cristãos, já batizados, a quaresma constitui-se um tempo de graça e penitência pessoal, voltado para a oração, a reflexão mais assídua da palavra de Deus, o jejum, as obras de misericórdia e o sacramento da confissão, no qual a comunidade cristã se preparar para celebrar o tríduo santo e para acolher em seu seio os novos membros que nascerão pela iniciação cristã na noite santa da páscoa, como fruto da fecundidade dos esponsais de Cristo e Sua Igreja sob o tálamo redentor da Santa cruz, pela efusão do Espírito Santo.
Assim, pelo tempo mistagógico de maior preparação dos catecúmenos, pela significação bíblico-soteriológica do número quarenta e pela preparação com santas obras de maior conversão e intimidade com Cristo da comunidade cristã rumo à celebração da Páscoa do Senhor, a Quaresma é tempo litúrgico e existencial vivenciado pelo discípulo de Cristo, a fim de participar e receber os frutos da morte e ressurreição do Senhor, na celebração eclesial do Tempo Pascal.

JONAS MATHEUS
Enviado por JONAS MATHEUS em 11/02/2018
Código do texto: T6251144
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JONAS MATHEUS
Capanema - Pará - Brasil, 30 anos
205 textos (4240 leituras)
26 áudios (237 audições)
4 e-livros (252 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/10/19 14:43)
JONAS MATHEUS