Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Patologia

A esquerda entrou na Educação e inventou a ideologia de gênero, destruindo a pureza infantil, sua natureza intrínseca e criando futuros adultos perturbados.
Entrou na Cultura e destruiu a arte, promovendo exposições de gravuras medíocres e pobres de crianças e adolescentes praticando sexo com seus iguais e com animais.
Exibiu pessoas nuas para serem apalpadas por crianças.
A esquerda invadiu o jornalismo escrito ou televisado e criou o fake news procurando manipular mentes e corações, ao ponto de tornar a mídia totalmente desacreditada.
Entre as feministas criou o movimento das vadias, das abortistas, da liberação das drogas e algumas chegaram introduzir crucifixos no ânus.
No movimento negro, a esquerda só tem consideração se o negro for de esquerda, e porisso estes se opuseram ao projeto anti-crime do ministro Moro, desmoralizando totalmente o movimento negro perante a sociedade.
A esquerda no governo destruiu a ética, o bom senso, a honestidade e instaurou a corrupção como instituição governamental.
No relacionamento governo/setor privado institucionalizou a propina como norma de conduta originando o maior esquema de corrupção do planeta.
Para implantar sua doutrina "progressista" e se perpetuar no poder, a esquerda associou-se ao crime organizado e à produção e tráfico internacional de drogas e de armas.
Nomeou ministros para o STF que se tornou um braço do crime organizado, libertando criminosos condenados para que pudessem continuar agindo.
Na economia, a esquerda destruiu todos os países por onde dominou.
Aos que se opuseram à sua "ideologia", fuzilou "democraticamente" centenas de milhões ao redor do mundo.
A esquerda é, sem sombra de dúvida, uma doença e seu agente são ativistas patológica e mentalmente doentes e perturbados.
É de sobrevivência da humanidade que seja destruída do topo à raiz.
Em muitos países do leste europeu que sofreram as perversões do comunismo e se libertaram desse câncer, essa ideologia e postura política foram criminalizadas.
Não abaixem a guarda.
É preciso destruir e erradicar totalmente essa doença da humanidade. (ZP)

ps (Infelizmente, o Festival de Música de Londrina, que já foi excelente, virou palco para lacração e propaganda petista e gritos de de fascistas não passarão. A homenagem ao Mário Loureiro parecia mais um ato pró #LulaLivre, e a abertura de hoje, que era um concerto da Sinfônica do Paraná sob a regência do Norton Morozowicz, foi "aquecida" com 40 minutos de comício lacrador esquerdista.
O festival virou uma merda. Tudo que essa petezada cultural coloca a mão vira merda. É impressionante.)
Gary Burton
Enviado por Gary Burton em 17/07/2019
Reeditado em 17/07/2019
Código do texto: T6697897
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gary Burton
São Paulo - São Paulo - Brasil
1099 textos (46409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/19 16:52)
Gary Burton