Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A ascensão da direita – refluxo de um ciclo?

O avanço da direita é fenômeno mundial. A Humanidade vive ciclos de progressos e retrocessos, como um coração a bater, um pulmão a respirar. Mas os progressos vencem, evoluímos.

O Brasil é caso particular: colônia saqueada; índios exterminados; escravidão; frouxidão de patriotismo; riquezas que despertam cobiça estrangeira; ditadura que sufocou o sonho de país liberto dos grilhões colonialistas.

Isso marcou-nos fundo. Nossas elites perpetuam seus privilégios curvando o país a interesses transnacionais predatórios. Escarnecem tornemo-nos nação inclusiva e soberana.

Nossa grande mídia, submissa à elite entreguista, sabotou e demonizou o governo que visava a soberania nacional e diminuir as desigualdades sociais.

O povo, inculto, não logra emancipar-se, não tem discernimento e firmeza moral para engajar-se na transformação de valores e condutas que resgate o país da sanha da rapinagem.

Elite mercenária e apátrida, mídia facciosa, povo inculto: eis os ingredientes para que viralizem mentiras e ascenda a direita fantoche dos interesses transnacionais, travestida de salvadora da pátria.

Um retrocesso civilizatório. O gérmen de um novo ciclo de esperança à frente.


Publicado na edição de maio da Revista D'Pontaponta e no blog http://perrengasprincesinas.blogspot.com/


Mário Sérgio de Melo
Enviado por Mário Sérgio de Melo em 25/05/2019
Código do texto: T6656115
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar a autoria de Mário Sérgio de Melo e o site recantodasletras). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Sérgio de Melo
Ponta Grossa - Paraná - Brasil, 67 anos
483 textos (3638 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 13/11/19 01:17)
Mário Sérgio de Melo