Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Socialismo - é impossível realizar o impossível

De suas ações os socialistas jamais obtêm bons resultados, pois é da essência da mentalidade socialista destruir tudo para erigir o estado ideal, totalitário - alguns socialistas o fazem deliberadamente, outros, involuntariamente, pois não têm o conhecimento dos mecanismos apropriados para o exercício de tal empreendimento. E por que é impossível os socialistas obterem bons resultados de suas ações? Por que é inerente ao pensamento socialista o desejo de transformar o mundo - e não o de conhecê-lo, tampouco o de compreendê-lo - num mundo que os socialistas conceberam com a sua mente hostil ao que existe, num mundo que vem ao encontro das fantasias que a cabeça socialista engendrou. E como não se adaptam ao mundo e ao mundo eles não desejam se adaptar, os socialistas lutam contra o mundo para adaptá-lo a eles, socialistas, que desconhecem o mundo, não querem conhecê-lo, mas querem transformá-lo, emprestando-lhe todos os elementos que, segundo os socialistas, ele tem de possuir, obrigatoriamente, para que nele eles possam viver. Para os socialistas o mundo real é uma anomalia da natureza, afinal, não foi uma mente socialista que o concebeu e o criou, daí, repito, não alimentarem os socialistas o desejo de conhecê-lo e compreendê-lo, e nutrir a vontade de transformá-lo. Desprezam os socialistas o mundo real, o qual eles desconhecem, mundo no qual eles vêem o que eles querem ver, e apenas o que eles querem ver, quimeras de uma mente inadaptada ao mundo. E nos homens os socialistas vêem, unicamente, defeito, vício, pois não têm eles, homens, as virtudes socialistas.
Além de desejarem o mundo de sua imaginação, querem os socialistas recriar o homem, aperfeiçoá-lo, torná-lo perfeito, fazer dele o homem socialista. E é baseado naquilo que eles querem ver (ou apenas no que eles vêem, independentemente do que há diante dos olhos dele) que lutam, num exercício violento quase sempre, com ares fanáticos, objetivando transformar o mundo até emprestar-lhe todas as formas do mundo ideal que eles conceberam. E como se transforma na coisa desejada (coisa imaginária que está na cabeça dos socialistas, isto é, o mundo socialista) a coisa (o mundo real) que eles desconhecem? Ora, só nasce o caos do processo de transformar o mundo real, que os socialistas desconhecem, no mundo ideal engendrado pela mente deles. Os socialistas querem transformar o mundo da imaginação deles, mundo que só existe na cabeça deles, num mundo perfeito, mundo perfeito que também só existe na cabeça deles. E eles querem empreender tal transformação, transformação de um mundo fictício, produto da imaginação deles, em um outro mundo, este também fictício, também saído da imaginação deles, no mundo real, mundo que eles desconhecem. Este processo só dá como resultado o desastre, pois é impossível transformar uma coisa que não existe, o mundo real com os aspectos a ele dados pelos socialistas, numa coisa que não pode existir, o mundo concebido, em imaginação, pelos socialistas.
Ilustre Desconhecido
Enviado por Ilustre Desconhecido em 16/04/2019
Código do texto: T6624613
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ilustre Desconhecido
Pindamonhangaba - São Paulo - Brasil
433 textos (5487 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/05/19 07:49)