Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARTIGO – Um país naufragado – 24.03.2019 (PRL)
 
ARTIGO – Um país naufragado – 24.03.2019 (PRL)
 
 
Mais uma vez, em face de pedidos de alguns amigos, voltamos a falar sobre política, esse tema inesgotável e obrigatório em qualquer democracia, até mesmo na nossa, que é corrupta e que todos sabem muito bem disso.
 
No episódio do pedido de CPI para apurar supostos  ilícitos cometidos por autoridades do poder judiciário nos tribunais superiores, assim como do “Impeachment” da lavra do grande jurista Carvalhosa em desfavor do doutor Gilmar Mendes, em que o presidente do senado, o novel Davi Alcolumbre disse alto e bom tom que não daria andamento, vários  aspectos merecem ser destacados, dentre eles o fato de pronunciamentos contrários de senadores de cabeça branca, de carecas e até de novatos, cujas fichas ainda não caíram, se é que se propuseram a mudar radicalmente a palhaçada que é ser representante do povo neste país.
 
Fácil é concluir que esse procedimento descaracteriza aquela máxima de que os poderes são independentes e autônomos, eis que amplamente dominados pelos que foram eleitos pelos seus pares para os presidir, valendo o lembrete de que todos juraram cumprir e defender a Constituição.  O interessante é que em muitos casos também desprestigia os senadores que apuseram suas assinaturas nos requerimentos, como se fossem tal “zé ninguém”. Para ganhar tempo e tentar complicar ainda mais a votação da “Reforma da Previdência”, evidente, a petição foi demandada ao setor jurídico para proceder um parecer. Ora, se mais de 1/3 dos senadores assim o quiseram tem sim que dar seguimento ao que se pede.
 
A situação do país está tão esdrúxula que o comandante da câmara dos deputados, doutor Rodrigo Maia (DEM-RL), está batendo de cara com o presidente da república, chegando mesmo a agredir ao Jair Bolsonaro, que ficou boquiaberto com esse procedimento explosivo de quem só fora eleito para presidir novamente essa casa em face da colaboração do mais alto mandatário da nação, que resolvera não interferir. Até entendemos o nervosismo desse cidadão, porquanto o ex-ministro do Temer, doutor Moreira Franco, que é seu sogro, fora recolhido preso ao cárcere da polícia do Rio de Janeiro, cujo pedido de habeas-corpus fora denegado pelo ministro Marco Aurélio de Melo, do STF. Ao que parece, negar apoio à reforma pretendida pelo governo na previdência, bem assim não votar as medidas desejadas pelo doutor Moro, da pasta da justiça, para aperfeiçoar a legislação penal brasileira, pode ser uma espécie de vingança do Rodrigo Maia, que não tem qualquer cabimento nessa altura do campeonato, indo contra os anseios do povo.
 
Os problemas vão-se amontoando, a ponto de o Rodrigo Maia ter viajado a São Paulo para, inclusive, se acostar ao governador João Dória (PSDB-SP), a fim de pedir guarida, pois como se sabe esse político de muita esperteza será candidatíssimo à presidência da república em 2022, isso se houver eleição, claro, pois o panorama que se apresenta é completamente diferente do que desejam os homens de bem deste país. O Dória é aquele que não vai ao fim do mandato, conseguiu derrubar o doutor Geraldo Alckmin (PSDB-SP), e anda solto na buraqueira como se diz na gíria popular.
 
A barra pesada vem a caminho. No próximo dia 07.04.2019, no STF, será feito um julgamento para a soltura do ex-presidente Lula, que completará um ano de prisão. Os oposicionistas e a militância estão fazendo uma movimentação gigantesca por todo o país para conseguir tal intento, que é tirar o seu líder da cadeia, ou melhor do regalo em que é mantido na Polícia Federal de Curitiba.
 
A propósito das medidas implementadas pelo Exmo. Dr. Tóffolli, presidente do STF, no calor das discussões, são visivelmente inconstitucionais, porque fragilmente amparadas no regimento interno da Casa, que batem frontalmente contra a nossa Constituição, que garante a livre manifestação do povo, e além do mais um poder dessa envergadura não pode investigar, apurar e julgar ao mesmo tempo qualquer cidadão brasileiro.
 
Para concluir, confessamos que ainda não entendemos o porquê do medo que as pessoas têm dos militares, esses que são os principais responsáveis pela liberação de toda a classe política, do melhor ao pior elemento, assim como de partidos que apoiam o comunismo abertamente, sistema que não vingou bem em nenhuma parte do mundo. Já fora dito várias vezes que a democracia depende deles, tanto que na hora do aperto as autoridades recorrem à ajuda das forças armadas.
 
Ficamos por aqui.
Nosso abraço.
 
SilvaGusmão
Foto: GOOGLE

25/03/2019 19:28 - Miguel Toledo comentou como abaixo:

Ansilgus, poucos se preocupam em escrever e comentar sobre política com medo de perder comentários de adversários políticos em suas escrivaninhas,pois isso acontece quando exponho as mazelas do PT que pouca gente lê ou comenta.Não me preocupo tanto com esses falastrões e logo termina em pizza. A reforma da previdência é necessária e urgentíssima e todo o congresso sabe disso, hoje o Ministro Paulo Guedes disse que: sem a reforma, sem dinheiro para os funcionários e isso é pura realidade. Tem que haver um entendimento porque o governo precisa do congresso e o congresso precisa do governo, é uma tola disputa, mas a reforma vai ser aprovada com toda a certeza.É repetitivo dizer que seus textos são excepcionais, seja ele artigo, crônica, poesia ou cordel. Uma novidade que saiu hoje é que o senado está querendo transformar a CPI em impeachment de Gilmar Mendes. Parabéns e um abraço, caro amigo.

Gratos. E ficamos a nos perguntar: Ora, por que nos pedem para escrever e ficam calados? Nosso abraço.

26/03/2019 01:01 - heliojsilva, brilhante sonetista, deu a sua opinião, que muito agradecemos:

Olá, nobre amigo Poeta Ansilgus. Belíssimo artigo, como sempre... Nossa democracia foi confundida com libertinagem durante muito tempo, onde a inversão de valores ganhou terreno. Esse presidente da Câmara está numa queda de braços com o presidente, será que não haverá o famoso conchavo político? Toma lá, dá cá? Poderes independentes e autônomos, que não representam o povo, só a si mesmos. Continue com seus artigos sobre política, eu já tive "amigos" aqui do Recanto que pararam de me comentar, pois de alguma forma sentiram-se afetados pelos meus textos que falavam sobre esses assuntos, mas não me importo, sinceramente, se não gostaram o problema é deles. O pior cego é aquele que não quer ver... Parabéns, abraços e felicidades
ansilgus
Enviado por ansilgus em 24/03/2019
Reeditado em 26/03/2019
Código do texto: T6606422
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
ansilgus
Recife - Pernambuco - Brasil
1749 textos (347582 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/08/20 02:47)
ansilgus