Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARTIGO – Insistência – 23.10.2018 (PRL)
 
ARTIGO – Insistência – 23.10.2018 (PRL)
 
Está-se fazendo um alarde fora do comum com as palavras ditas pelo deputado federal Flávio, filho do candidato Jair Bolsonaro, a propósito de o poder militar vir a desbancar o Supremo Tribunal Federal, que é a Corte mais alta da nação. Entretanto, a bem da verdade, não vemos perigo algum nisso, pois ocorreu há quatro meses e não houve à época qualquer manifestação ou mesmo críticas de nenhum lado, partido ou autoridade, pelo menos não vimos nesse interregno. Aliás, com certeza ele nem imaginava que seu pai e nem seus seguidores pudessem obter tamanha votação no dia 07.10.2018

Uma declaração infeliz, que já fora refutada pelo pai que, de modo equilibrado, o enquadrou devidamente em seu lugar, não corroborando suas palavras, que também não podem ser tidas como ameaça ao sistema democrático, nem tampouco incitação das forças armadas contra o poder judiciário, enquadramento de logo sugerido pelo novel Juiz Doutor Alexandre de Moraes, em pronunciamento de ontem num evento realizado em São Paulo.

Daqui também não se pode ocultar que grande parte da população brasileira não anda satisfeita com a atuação de alguns membros da Suprema Corte, especialmente quanto à soltura de presos condenados pela Lava Jato e outras operações da Polícia Federal. Isso são fatos públicos e notórios, todavia não se deve justificar um erro com outro de igual tamanho ou pior. “Ruim com ele, pior sem ele” é um provérbio muito antigo e sábio do qual todo mundo conhece.

O de que discordamos em qualquer poder é o caráter vitalício que os dignos representantes ostentam, cujas regalias lhes são dadas por uma mera “canetada” do presidente da república, que é eleito para um mandato de quatro anos. Ora, seria o mesmo que admitir-se vitaliciedade para o próprio mais alto mandatário do país, bem assim um regime ditatorial. Pensamos que oito anos estaria de bom tamanho para esse alto escalão da república.

Estamos neste instante vendo o programa Estudioi, do Globo News, Canal 40, e nunca vi tanta besteira ditas por jornalistas que nos parecem ainda não convencidos de que essa força que estão fazendo para o Doutor Fernando Haddad subir nas pesquisas de nada vai adiantar, nem tampouco o apoio da frágil Marina Silva, que não obteve nem mesmo um por cento dos votos dos brasileiros no primeiro turno das eleições. Tampouco o apoio do escritor Fernando Henrique Cardoso, o pai da reeleição, cuja aprovação no parlamento gerou muitas dúvidas no seio da comunidade política nacional. Mesmo assim, na época, sequer elegeu seu sucessor, e hoje em dia é peso morto pra qualquer lado que penda. Já o tivemos como ídolo, mas quem é que não se engana neste mundo?! Imagine-se que estão desencavando até o Ciro Gomes, do Ceará, para retornar ao palco derrotado e dar o seu apoio do candidato do PT. Por mais descarado que esse cearense possa ser não acreditamos vingue essa investida. Acaba de divulgar essa lastimável emissora que o general Mourão, segundo algumas fontes, teria participado de torturas em épocas passadas.

Mas é bom não brincar de vencedor, evitando-se pronunciamentos que possam causar repulsa na população, porquanto time que está vencendo se recolhe, fica na defensiva e só ataca quando tem certeza de marcar, e aí a goleada chega. Calma minha gente, faltam apenas cinco dias para um novo alvorecer!
 
Nosso abraço.
 
Ansilgus
Foto: INTERNET/GOOGLE
ansilgus
Enviado por ansilgus em 23/10/2018
Reeditado em 24/10/2018
Código do texto: T6484239
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ansilgus
Recife - Pernambuco - Brasil
1654 textos (333921 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/19 12:03)
ansilgus